Em Chamas - Suzanne Collins (The Hunger Games #2)

Título Original: Catching Fire
Data de Publicação: 2011
Número de Páginas: 416
Série: The Hunger Games #2
Editora: Rocco
Classificação:







Depois de ganhar os Jogos Vorazes, competição entre jovens transmitida ao vivo para todos os distritos de Panem, Katniss agora terá que enfrentar a represália da Capital e decidir que caminho tomar quando descobre que suas atitudes nos jogos incitaram rebeliões em alguns distritos. Dessa vez, além de lutar por sua própria vida, terá que proteger seus amigos e familiares e, talvez, todo o povo de Panem.


A resenha pode conter spoiler para quem não leu Jogos Vorazes.

No primeiro livro da Trilogia Jogos Vorazes, somos apresentado a um jogo, uma espécie de reality show, com 24 participantes, onde apenas um pode vencer. Mas Katniss Everdeen desafiou essa regra, voltou para seu distrito como vencedora e levou consigo Peeta Mellark, seu companheiro de distrito e oponente no jogo. Eles desafiaram a Capital, agora a Capital quer vingança.

Se você acha que já sofreu o bastante no primeiro livro, que já viu de tudo em termos de violência, frieza, maldade, crueldade e dor, está completamente enganado. Se você acha que está preparado para o que está por vir, te aviso que nada do que você viu em Jogos Vorazes, te preparará para as fortes emoções, aventuras, perigos e muitas, muitas reviravoltas que estão contidas nesse segundo livro.
Em Chamas a continuação da Trilogia Jogos Vorazes é ainda mais cruel, mais emocionante, mais doloroso e muito mais surpreendente. Os Jogos Vorazes Continuam!

E esse ano eu terei de viajar de distrito em distrito para aparecer diante das multidões entusiasmadas, que secretamente me odeiam, para olhar bem nos rostos dos familiares cujos filhos eu matei…
Katniss Everdeen

Terminei a leitura de Em Chamas com o coração na mão e com muito medo. Medo por Peeta e Katniss, medo por todos os distritos e seus moradores indefesos e principalmente medo do que está por vir em A esperança, medo que Suzanne Collins não consiga dar um final digno e justo a essa história que emocionou, chocou e surpreendeu muitos leitores.

O primeiro livro da trilogia é muito bom, mas preciso dizer que eu ainda não tinha sido fisgada e que ainda não tinha entendido o porque de tanto alvoroço em torno de uma trilogia. É uma história forte, diferente, dolorosa e muito cruel, mesmo assim eu ainda não tinha sido cativada completamente. Em Chamas foi decisivo para isso. Há muito tempo um livro não me deixava tão ansiosa, nervosa e completamente sem fôlego. O final de cada capítulo reserva uma surpresa que te deixa tão chocado e ansioso que você vai querer ir para o capítulo seguinte na mesma hora, mesmo que há algum tempo atrás você tenha dito para si mesma que leria só mais aquele.

Surpreendente, essa é sem dúvida a palavra que eu usaria para definir Em Chamas. As coisas vão acontencendo de uma forma que no início você não entende bem o porque, coisas estranhas às vezes e que parecem sem explicação. Mas está tudo lá, é tudo tão lógico. Agente até tenta imaginar o que está acontecendo, algumas coisas dá para entender, outras parecem ficar no ar. Ficamos na expectativa e vamos nos surpreendendo capítulo após capítulo, até que tudo começa a se encaixar, tudo começa a fazer sentido.

Katniss está ainda mais forte e mais madura, os jogos foram responsáveis por transformar seu sonhos em pesadalos. No início parece certo e definitivo que o seu coração pertence a Gale e tudo que aconteceu entre ela e Peeta durante os jogos foi só uma farsa para enganar a Capital. Mas com o tempo Katniss percebe que ela é quem está se enganando, seu amor por Gale não é mais tão definitivo, Peeta ocupou um lugar em seu coração bem maior do que ela imaginava.

- Você podia viver cem vidas e ainda assim não merecer aquele cara, sabia? – Diz Haymitch.


Peeta está ainda mais apaixonado, mais fofo, mais corajoso e totalmente decidido a dar sua vida para salvar Katniss. Continuo team Peeta, na verdade acho que estou ainda mais encantada por ele.

Se você morrer, e eu continuar vivo, acaba a vida para mim no Distrito 12. Você é toda a minha vida – diz ele. – Eu nunca mais seria feliz.
Peeta Mellark


Os personagens secundários são secundários apenas no nome. Todos eles tem um papel crucial no desenrolar da história, principalmente Haymitch. Alguns secundário novos tem uma maior participação, outros nem tanto, mas todos são extremamente importantes, principalmente os que estão nos jogos.

Em Chamas é misterioso, envolvente, contagiante e arrebatador. Ao mesmo tempo que eu desejava que todo aquele sofrimento, angústia e principalmente a dúvida chegasse logo ao fim, também desejava que a história se prolongasse por páginas e páginas.

Leiam. Se apaixonem. Se surpreendam. Se emocionem.
Os Jogos Vorazes Continuam!


9 comentários:

  1. Ei Caline!

    Concordo com tudo!!!
    E amei o quote do Haymitch e o do Peeta.

    Eu também sou team Peeta desde o início *.*

    Agora quero saber sua opinião de A Esperança.

    Bjins

    ResponderExcluir
  2. Caline, ainda não li o primeiro livro, então pulei direto para sua opinião. Mas... poxaa, assim não aguento de ansiedade. Só tenho o primeiro livro, acho que já vou garantir os dois seguintes para deixar em casa.
    Acho que preciso conhecer o Peeta e o Gale urgente!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Já li os três e concordo com muito do que você disse. Só não coloco Em chamas como meu preferido, prefiro A esperança, depois Jogos Vorazes, depois ele. E Peeta está lindo no livro e ainda mais apaixonado, mesmo, mas concordo PLENAMENTE com o Haymitch. Na minha opinião, Katniss nunca vai merecer Peeta, ele é... puro, doce, bom demais.
    Leia logo A esperança, você vai curtir, eu acho...

    Primeira vez que venho aqui, mas curti bastante. Bem fofo, organizado e com resenhas bem escritas. Parabéns. :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. ei Caline,

    seu blog está a cada dia mais fofo. ^^

    Não li esse livro e nem um outro da trilogia. Sempre leio coisas boas a respeito da trilogia, mas não são livros que me interessam. Talvez um dia leia, talvez. rsrsrs
    beijos.

    ResponderExcluir
  5. Eu só li a sua opinião, porque ainda não li o primeiro livro e pretendo. E sua opinião só me deixou com mais vontade de ler essa série, se ainda é possível ficar mais curiosa do que já estou. HAUHA.
    Adorei o blog e já estou seguindo! Se quiser, dá uma passadinha no meu depois ;)

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Ei Caline,

    Resenha de arrepiar, este trecho que você citou meus olhos encheram de lágrimas quando li e agora de novo rsrs.
    Este é o meu preferido da trilogia, é o melhor livro. A esperança é polêmico, espero que você goste. ^^

    bjos

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li nenhum livro da série Jogos Vorazes, então não li muita coisa da sua resenha para não estragar minha surpresa.
    Mas sua opinião me deixou morrendo de vontade de ler o livro, espero ter uma oportunidade em breve. :D

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  8. Oii Caline!
    AMO esses livros! Meu favorito é o terceiro, mas esse é MUITO bom!!
    Adorei sua resenha, os quotes que vc escolheu são perfeitos... o do Haymitch e o do Peeta, awww :'(
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá Caline!! Li "Jogos Vorazes" mas "Em Chamas" já está na minha estante e logo vou ler...acredito que vou amar tanto quanto o primeiro.

    Beijos e ótima semana para você,

    Paula

    http://tribooks.blogspot.com

    @Tri_Books

    ResponderExcluir

Participe do blog... Deixe seu comentário!!!
Sua opiniões, idéias, sugestões... são muito importantes para mim.
Um xero!
P.S: Comentários anônimos não serão aceitos!!!

 
Mundo de Papel © Tema base por So Kawaii. Tecnologia do Blogger.