O Visconde que me Amava - Julia Quinn (Os Bridgertons #2)

Título Original: The Viscount Who Loved Me
Autor (a): Julia Quinn
Data de Publicação: 2013
Número de Páginas: 304
Editora: Arqueiro
Série: Os Bridgertons #2
Classificação: 


A temporada de bailes e festas de 1814 acaba de começar em Londres. Como de costume, as mães ambiciosas já estão ávidas por encontrar um marido adequado para suas filhas. Ao que tudo indica, o solteiro mais cobiçado do ano será Anthony Bridgerton, um visconde charmoso, elegante e muito rico que, contrariando as probabilidades, resolve dar um basta na rotina de libertino e arranjar uma noiva.
Logo ele decide que Edwina Sheffield, a debutante mais linda da estação, é a candidata ideal. Mas, para levá-la ao altar, primeiro terá que convencer Kate, a irmã mais velha da jovem, de que merece se casar com ela.
Não será uma tarefa fácil, porque Kate não acredita que ex-libertinos possam se transformar em bons maridos e não deixará Edwina cair nas garras dele.
Enquanto faz de tudo para afastá-lo da irmã, Kate descobre que o visconde devasso é também um homem honesto e gentil. Ao mesmo tempo, Anthony começa a sonhar com ela, apesar de achá-la a criatura mais intrometida e irritante que já pisou nos salões de Londres. Aos poucos, os dois percebem que essa centelha de desejo pode ser mais do que uma simples atração.

Depois de me decepcionar com O Duque e Eu, estava decidida a abandonar a série dos Bridgertons, mas algumas resenhas bastante empolgadas sobre o terceiro livro da série fizeram com que eu repensasse a minha decisão e confesso estar muito feliz por isso. Quando comecei a ler O Visconde que me Amava não estava muito empolgada e meu único desejo era que esse livro não fosse mais uma decepção. Entretanto, tive uma surpresa maravilhosa ao encontrar uma história divertida, com personagens interessantes e um romance muito fofo.

O Visconde que me Amava tem uma premissa bastante clichê. Fica óbvio desde o início que o libertino irá se apaixonar pela mulher inocente e que ela apesar de odiá-lo no início, irá se render à paixão. Mesmo não tendo nada de surpreendente, esse enredo quando bem desenvolvido conquista o leitor e foi exatamente isso que aconteceu comigo. A narrativa de Julia Quinn é ágil, envolvente e cheia de humor. Seus personagens foram muito bem desenvolvidos, com personalidades marcantes. Jamais esquecerei o quanto me diverti com os diálogos afiados e inteligentes entre Anthony e Kate.

O romance entre os dois conseguiu ganhar meu coração porque foi sendo construído aos poucos, entre discussões afiadas, brigas, momentos singelos onde suas almas e medos foram desnudados e situações constrangedoramente engraçadas. Os dois tinham uma química incrível juntos mesmo quando trocavam comentários sarcásticos. Quanto mais eles se conheciam, mais percebiam o quanto estavam equivocados em suas impressões iniciais um do outro. Achei fofo a forma como um ajudou o outro a enfrentar e superar medos que já estavam tão enraizados e que tinham uma justificativa emocional tão forte para assombrá-los.

Kate é o tipo de garota que eu costumo admirar, principalmente por ter uma personalidade forte e enfrentar certas situações sem se intimidar, além disso sua língua afiada e seu jeito sincero, desafiava uma sociedade onde as mulheres não podiam ser inteligentes, não tinham o direito a opinar ou discordar dos homens. Ela era forte, leal e muito determinada, principalmente quando o assunto era sua irmã Edwina. A relação entre as duas era muito bonita e a forma como ela sempre tentava proteger a irmã e manter os pretendentes indesejáveis distantes, lembrou a relação de proximidade e companheirismo que eu tenho como meu pequeno problema (leia-se irmã mais nova). O único problema é que Kate perdeu um pouco da sua atitude desafiadora quando se apaixonou pelo Visconde. Os comentários engraçados e cheios de alfinetadas foram esquecidos e ela ficou tão dócil que quase, eu disse quase, deixou de ser a Kate que conquistou minha admiração.

Quanto a Anthony não há muito o que falar sobre ele. Apesar da aparente arrogância, o Visconde era um excelente filho e irmão, fazia tudo pela família, era bondoso e extremamente sedutor. Sua teimosia o impedia de enxergar o que era visível aos olhos de todos, Kate com seu jeito espontâneo e seu amor visceral pela irmã, era a mulher certa pra ele.

Senti falta de uma participação maior de outros Bridgertons na história principal, estou acostumada com aquela zoeira que são os Hathaways, todo mundo morando na mesma casa e se metendo nos relacionamentos uns dos outros.

O Visconde que me Amava conseguiu enfim me mostrar porque Julia Quinn tem tantos fãs que adoram seus livros, mas eu ainda espero por mais e minhas expectativas pela história de Benedict está nas alturas. 

10 comentários:

  1. Ei Caline,

    Realmente Os Hathaways estão sempre todos juntos naquela bagunça rsrs. Ah que bom!! Tava tão triste q vc não tinha gostado hahaha, pq amo essa série. E eu amei O duque e eu, gostei mais do que este, estranho rsrs.
    Acho q vc vai gostar amis ainda do 3 e do 4 vamos ver, no 4 é onde a família mais aparece até agora eu acho.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Sério que vc se decepcionou com o primeiro?! que pena, mas ainda bem que deu chance para esse livro, espero que aproveite os demais

    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  3. Oi tudo bom?
    Nossa, romances de época acho que não são o tipo de livro certo pra mim, não sei, eu meio que fujo de romances kkk

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. O nome do livro é bem ruim mas gostei da sinopse, parece ser bem interessante
    ⋙ Um beijo, te espero no blog
    blog Livros com café

    ResponderExcluir
  5. Oi Caline, sempre vejo resenhas elogiando os livros da autora, e é realmente difícil ver alguém que não tenha curtido desde o início. Eu não tenho muita curiosidade de ler, porque os livros que li no estilo sempre são mais do mesmo, ainda que me divirtam e me encantem um pouco. Acho que passarei essa série também.
    Enfim, que bom que a leitura foi boa, é frustrante quando apenas nos decepcionamos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi, Caline!
    Eu não sabia que você tinha decepcionado-se com "O Duque e Eu". Eu gostei muito. KKK
    Sobre este segundo livro, eu acredito que seja melhor que o primeiro mesmo. Eu adoro o Anthony e a história dele aqui, parece-me ser interessante.
    Fico feliz que tenha gostado mais e eu espero poder ler em breve.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  7. Oie Caline =)

    Aiw *---* Eu adoro os livro da Julia Quinn!
    Dos quatro livros que li dela, acho que essa é o que tem personagens mais sérios e "maduros".
    Gosto bastante do Anthony e da Kate mesmo achando que os dois as vezes são meio paranoicos rs...
    Fico feliz em saber que você decidiu dar uma segunda chance para série *-*

    Beijos e um ótimo final de semana;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  8. Oie Caline
    Aê, mais uma convertida por amor aos Bridgertons rs
    Esse é o livro mais fofo da série. Isso porque eu só li os 3 primeiros.
    Agora só me resta roer as unhas para ler o livro do Colin <3 meu Bridgerton preferido (e de todas rs)
    bjos
    www,mybooklit.com

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bom? Primeira vez que passo por aqui e tenho que dizer que amei o seu layout! Bem, quanto a resenha, eu confesso que ao contrário de você, me encantei pelo primeiro livro e pela escrita de Julia Quinn logo de cara e bem, se você não gostou muito do primeiro e gostou muito do segundo, bem, eu tenho que lê-lo kkkk Concordo com você quanto a premissa não ser original, mas, pelo desenvolvimento sempre vale a pena realizar a leitura ^^'


    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  10. Oie Caline =)

    Eu já li Julia Quinn quando saiu nas bancas, mas ainda não li esta série pela Arqueiro *_* Preciso ler URGENTE! Adoro romances de época, são, geralmente, maravilhosos. Espero começar a ler a série me breve. Adorei sua resenha =)

    Beijos,
    Livy
    No Mundo dos Livros

    ResponderExcluir

Participe do blog... Deixe seu comentário!!!
Sua opiniões, idéias, sugestões... são muito importantes para mim.
Um xero!
P.S: Comentários anônimos não serão aceitos!!!

 
Mundo de Papel © Tema base por So Kawaii. Tecnologia do Blogger.