A Namorada do Meu Amigo - Graciela Mayrink

Título Original: A Namorada do Meu Amigo
Autor (a): Graciela Mayrink
Data de Publicação: 2014
Número de Páginas: 336
Editora: Novo Conceito
Classificação:
Livro cedido em parceria com a Novo Conceito

Quando voltou das férias de verão, Cadu não imaginava a confusão em que a sua vida se transformaria. Era para ser um ano normal, mas ele entrou em uma enrascada e está correndo o risco de perder a amizade do cara mais legal do mundo. O que fazer quando a namorada do seu amigo vira uma obsessão para você? Os churrascos da turma da faculdade talvez ajudem a esquecer Juliana, e, se depender do esforço do divertido Caveira, não faltarão garotas gente boa para preencher o coração de Cadu. Mas não adianta forçar... Quem consegue mandar no coração? Alice, a irmã de Beto, é só mais uma das dores de cabeça que Cadu tem que enfrentar. A vida inventa cada cilada!

A Namorada do Meu Amigo de Graciela Mayrink foi meu primeiro contato literário com a autora. O livro tem a mesma temática de Intenso Demais, minha leitura anterior, entretanto tem uma linguagem mais leve, sem cenas eróticas e o narrador é o amigo e não a namorada. Foi impossível não fazer comparações e apesar de ter gostado mais do nacional sinto que faltou algo para que a história conseguisse me prender.

O livro é narrado por Cadu que se apaixona pela namorada de um de seus melhores amigos, o Beto. A grande ironia está no fato de que Cadu conhecia Juju desde criança, mas não suportava a garota. Ela se mudou e quando retornou alguns anos depois, estava linda, interessante, legal, mas totalmente proibida para ele.

Meu primeiro problema com a história foi a forma como Cadu se apaixonou por Juju. Já falei inúmeras vezes aqui que não acredito em amor à primeira vista, mas dessa vez até me esforcei para relevar esse fator. Entretanto, os sentimentos de Cadu não me convenceram. Foi olhar, se apaixonar e querer trair o melhor amigo. Ele falava "eu te amo", mas eu não conseguia sentir, parecia mais uma obsessão, o desejo do proibido.

Juliana, ou Juju para os mais íntimos, não teve muita expressividade na história. Ela era uma garota legal, decidida e tranquila. Não ficou se jogando em cima do Cadu ou dando motivos para seus assanhamentos, pelo contrário, ela quem colocou freio nas atitudes dele várias vezes. Achei que ela teria uma participação mais marcante, mas ela parecia uma personagem secundária. Acredito que o foco da autora nessa história foi muito mais a amizade do que o romance.

A narrativa da Graciela é uma delícia, mas achei um pouquinho apressada. Nada que tenha atrapalhado a leitura, mas acho que se ela tivesse diminuído um pouco o ritmo da narrativa e a passagem de tempo, teria ficado bem melhor. Houveram algumas cenas onde faltou um pouco mais de detalhamento. Alguns capítulos quando terminavam eu ficava me perguntando "e não tem mais nada?". A autora se saiu muito bem narrando sua história sob o ponto de vista de um garoto

Os personagens secundários foram maravilhosos e alguns tiveram importância fundamental dentro da trama. Gostei bastante do Caveira, amigo de Beto e de Cadu e achei admirável a maturidade e desapego de Alice, apesar de não conseguir imaginar ninguém fazendo o que ela fez na vida real.

O final me deixou muito, muito indignada, não dá para falar muita coisa sobre ele sem soltar algum spoiler. O que eu posso dizer é que depois de tudo, Cadu resolveu desempenhar o papel de melhor amigo e na minha opinião já não valia mais de nada. Também achei que tudo aconteceu rápido demais. O livro foi chegando ao final e nada de um desfecho, faltando pouco mais de 4 páginas eu ainda não via as pontas se amarrando. De repente tudo se resolveu e FIM.

A Namorada do Meu Amigo foi uma leitura leve, despretensiosa, que poderia ser mais, mas pecou em alguns pontos. Pretendo ler o outro livro da Graciela e conhecer mais sobre o seu trabalho.

15 comentários:

  1. Eu sempre quis ler um livro dessa autora, SEMPRE. Quando essa obra chegou em casa me animei logo para conhecer um pouco mais do trabalho da Graciela, pena que a obra tem tantos pontos fracos. Mas mesmo assim quero conhecer.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Caline. Achei a premissa desse livro legal, mas sua resenha me desanimou um pouco.rsrs. Mas, ainda assim pretendo ler para ver o que acho da história.
    Beijos
    All My Life in Books - Aguardo sua visita!

    ResponderExcluir
  3. Oi Caline, tudo bem?
    Pela sua resenha já prevejo certa irritação da minha parte. Esse tema pra mim é delicado e acho uma sacanagem sem tamanho cobiça o namorado/namorada de um amigo/amiga. Mas vamos ver. Espero ler em breve o livro.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    ResponderExcluir
  4. Oi Cáh,
    Eu não sei o porquê, mas esse problema de narrativa apressada é mal do autor brasileiro. Geralmente as cenas não são bem descritas e tudo acontece muito rápido. Pra falar a verdade, só li um livro até hoje (nacional) que respeita o tempo cronológico dos fatos. Mas eu meio que me acostumei, é uma característica do autor brasileiro. kkkk
    Eu gosto dos livros da Graciela pra sair de ressaca e porque são leves e descontraídos. Espero ler em breve, mas depois dessa caixa toda que veio da NC, tem muita coisa pra ler :D hehe Pela sua resenha o foco narrativo é mesmo a amizade e acho isso bacana, porque temos visto tantos triângulos amorosos com foco só no romance, que eu já não aguentava mais. kkk


    Beijos,
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Ótima resenha, Caline!
    Estava querendo mesmo saber mais sobre o livro. Pretendo ler em breve, ainda mais que é leve e despretensioso. Uma pena esses pecados cometidos, mas são coisas que podem (e devem) ser melhoradas para os próximos trabalhos da autora.
    Beijocas

    ResponderExcluir
  6. Oi Caline,
    Confesso que esse livro não despertou minha atenção quando o vi entre os lançamentos da editora, mas achei interessante a autora utilizar um garoto como narrador e fiquei curiosa para saber como ela se sai. Então no futuro quando for lê-lo, estarei ciente que ele possui falhas, para assim não me decepcionar.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Caline!
    Não me animei pra ler esse livro, mas tenho curiosidade de conhecer algum trabalho da Graciela, como já tenho o livro aqui, vou começar por ele. Uma pena que a narrativa seja tão corrida, gosto quando o autor desenvolve mais os seus personagens e a história.

    Beijos,
    http://www.epilogosefinais.com/

    ResponderExcluir
  8. Que resenha fantástica, sinceramente o livro parece ser mais um comédia do que apenas romance e isso é bom porque quando o livro fica preso em um só g~enro acaba forçando e perdendo a graça de se ler, mesmo tendo vários pontos fracos o livro parace ser bom, e eu gostaria muito de ler algum dia!

    XOXO :D
    Joven Clube | Clique aqui :)

    ResponderExcluir
  9. Esse livro parece ser muito bom, adorei a resenha, depois vou procurar-lo lê-lo.
    seguindo,
    http://alguem-escreveu-coisas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. é aquele lema... A gente só reconhece o quanto algo era bom quando o perdemos. Eu tinha um amigo de infancia, quero dizer, nem era meu amigo, era só um muleque insuportável que era filho de uma amiga da minha tia (si, moro com minha tia), e naquela épca achava aquele muleque repugnante. Anos depois ele ficou com minha amiga e comecei a olhar ele com outros olhos o.o
    porem, hoje nao estão mais juntos, ele viajou, e minha amiga nem é mais tão minha amiga assim.. mas ela nunca ficou sabendo da minha paixonite hehehe e nem vai saber ao que depender de mim.

    Estou começando um blog, se quiser me fazer uma visita, ficarei imensamente grata

    comoassimanalice.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Caline,
    Tenho dois livros da autora por aqui e esse será o próximo da fila.
    Adorei que tem uma xará minha haha
    Como Amanda comentou, também acho o tema complicado pelo mesmo motivo.

    Mas dependendo da forma que a autora desenvolveu, pode ser bom.

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  12. Oi, Caline, tudo bem?

    O primeiro livro da Graciela não me chamou a atenção, não fiquei com vontade de ler. Este de agora até me deixou curiosa, mas agora fiquei um pouco receosa. Suspeito um pouco de como será o final do livro. Mas gosto quando as coisas vão um pouco rápidas demais.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  13. Essa é minha leitura atual e já concordo com você em certas coisas. O Cadu se apaixonou rápido demais pela Juju. O que foi aquilo? Olhou a garota de costas e nossa, já está morto de apaixonado. O lance também que vem me incomodando é o excesso de diálogos e quase nada de narração.
    Até agora, minha personagem preferida é a Alice e sinceramente espero que ela não faça nada que me irrite.
    Confesso que, depois de ler sua resenha, estou com medo do final :x HAHA
    Já li Até eu te Encontrar da mesma autora e indico bastante! Esse, apesar de também ter algumas falhas aqui e ali, é muito gostoso de ler e te envolve completamente.
    Beijinhos

    Brunna Carolinne - My Favorite Book - @MFBook
    myfavoritebook-mfb.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Eu esperava mais do final, Cadu já tinha sido um "cafajeste" com amg, e só final decidiu ser legal, ser um amigo de verdade?? Aff Sei lá eu fiquei o tempo todo pensando que seria uma coisa, no final foi outra, achei meio broxante.kk Mais apesar dos negativos, gostei da leitura, é leve e bem rápida!

    ResponderExcluir
  15. Quaaaaaaanto teeeeempo! Nossa, que saudade da blogosfera literária, sério, muita saudade. E saudade de ler, tenho lido tão pouco :( E saudade de ganhar muitos livros! Hahaha.
    Eu terminei esse livro ontem, e senti a necessidade de expor pra alguém isso, urgente, dai procurei algumas resenhas e vim parar aqui! Lembra de mim? Hahaha Enfim!
    Fiquei muito decepcionada, sério :( Eu li o primeiro livro da Graci, o "Até Eu Te Encontrar" e é MARAVILHOSO, amei, super indico, leia assim que puder. Dai fiquei esperando super ansiosamente pelo segundo e quando comprei tava super emocionada, queria ler logo. Dai eu li. E tipo, cadê o resto da história? Como assim acabou desse jeito? Porque fez isso comigo?
    Eu amo demais o jeitinho da Gra de escrever, os muitos diálogos, a forma como ela fala sobre o dia a dia dos jovens, é muito gostoso. Mas dessa vez, sei lá. Talvez eu estivesse esperando demais, né?
    Não senti o amor do Cadu pela Juju, e ela nem apareceu direito. Senti muita falta de romance, que é o que eu mais amo. E aconteceram algumas coisas que não são tão "reais/normais", tipo a atitude da Alice, fiquei tipo, meu Deus, o que foi isso que ela vez, plmdds. E o Cadu ficou o tempo inteiro "ah, não quero perder a amizade, mas faria de tudo por ela, porque estou apaixonado", você pensa em duas hipóteses, ou realmente vai lutar por ela até ficarem juntinhos ou conseguir esquecer e manter a amizade. Só que não acontece nem um e nem outro, tipo, como assim acabou desse jeito, tem que ter maaais, socorro. E agumas cenas eu ficava pensando o que poderia vir a acontecer. Por exemplo na viagem deles pro desfile, nossa, fiquei esperando tanta coisa e não aconteceu NADA. E a apresentação do trabalho, achei que o Cadu ia usar pra tentar defender o caso e se defender ao mesmo tempo, tipo se explicando, algo assim sabe? E também não aconteceu NADA. Quando tava terminando as páginas eu fiquei desesperada D: Mas de qualquer forma eu gosto muito da forma que a Gra escreve e com certeza comprarei todos os próximos livros dela, haha.

    ResponderExcluir

Participe do blog... Deixe seu comentário!!!
Sua opiniões, idéias, sugestões... são muito importantes para mim.
Um xero!
P.S: Comentários anônimos não serão aceitos!!!

 
Mundo de Papel © Tema base por So Kawaii. Tecnologia do Blogger.