Após a Tempestade - Karen White

Título Original: The Beach Trees
Data de Publicação: 2012
Número de Páginas: 416
Editora: Novo Conceito  
Classificação:  
Livro cedido em parceria com a Novo Conceito
Quando Julie tinha 12 anos, sua irmã mais nova desapareceu e nunca mais foi encontrada. Uma perda que corroeu os laços familiares e deixou sua mãe obcecada pela busca da irmã. Já adulta e com um prestigiado emprego, Julie conhece Monica, que a faz lembrar muito de sua irmã desaparecida há 17 anos. Elas se tornam melhores amigas, uma amizade que começa como um processo de cura para Julie. No entanto, uma fatalidade abate a amizade e Julie se vê responsável pelo filho de Monica. Ela decide levar o menino para Biloxi, Mississippi, para encontrar a família que ele não conhecera. A partir dessa viagem, Julie descobrirá segredos que estão ligados a sua família e seu passado...

Terminar de ler Após a Tempestade não foi uma tarefa fácil. A primeira vez que tentei engatar a leitura, não consegui passar das primeiras páginas. Não estava num bom momento para persistir e acabei partindo para um outro livro. Na última semana de dezembro resolvi que era hora de tentar de novo. Havia lido De Volta Para Casa, da mesma autora, há um tempo e fui conquistada pela narrativa envolvente, uma história que me tocou e emocionou demais. Mas mais uma vez tive dificuldades com a leitura.

Preciso deixar claro que Após a Tempestade é um livro fantástico, uma história entremeada de segredos, mentiras e dramas familiares, que envolve o leitor e instiga a nossa curiosidade até as páginas finais. Enxerguei a delicadeza e a sensibilidade da autora ao tratar sobre as marcas deixadas pelos furacões Camille e Katrina e a força dos moradores da Costa do Golfo do Missipipi em permanecer mesmo após os desastres e as perdas. Mas apesar de belo, profundo e marcante, Após a Tempestade não me conquistou. Não consegui me conectar à história ou a seus personagens. Não consegui vivenciar seus dramas e sentir suas dores.

Você já teve a sensação de ler um a história e não "mergulhar" nela? Você sente como se estivesse o tempo todo na superfície esperando o grande momento em que a história vai te puxar e te envolver. Foi exatamente assim que me senti o tempo inteiro, mas o momento nunca veio. Estava alheia a tudo e mesmo o mistério que se tornou o centro da trama em um determinado momento, não conseguiu me conquistar.

A história é contada alternadamente através dos pontos de vista de Aimee, na década de 1950, e por Julie no presente. Os capítulos tem um ritmo um pouco lento, são cheios de detalhes e informações que inicialmente não parecem muito importantes, mas que no decorrer da história descobrimos que fazem parte de um complicado quebra-cabeças. A autora testa a nossa paciência, exige que tenhamos calma, tudo virá a seu tempo.

O final, a revelação do grande segredo, me deixou bem surpresa. Eram vários mistérios que se uniram em apenas um. Tudo estava interligado, desconfiei disso mas não tinha certeza nem conseguia entender porquê. Alguns mistérios ficaram sem resposta.Sinto que a intenção da autora foi deixar a dúvida e as especulações no ar, mas não gosto quando um livro chega ao final e não tem um desfecho todo amarradinho.

O livro tem sérios problemas ortográficos. Palavras grafadas de forma incorreta, pontuação errada. E não aconteceu apenas um ou duas vezes, quase todas as páginas tinha algum tipo de erro.

Após a Tempestade tem uma história marcante, é um drama familiar cheio de segredos, momentos de superação e novos começos. Um livro incrível que infelizmente não conseguiu me conquistar. Enxerguei todas as suas qualidades, mas elas não me tocaram, nem me envolveram. Durante toda a narrativa fiquei alheia a tudo. Por mais que a história seja excelente, se eu não consigo me conectar a ela, não a considero uma boa leitura.

Recomendo MUITO que vocês leiam esse livro. A Karen White é uma escritora fantástica e a história que ela criou é maravilhosa, não funcionou comigo, mas tenho certeza que muitos leitores irão adorar.

9 comentários:

  1. Oi Cáh!
    De cara esse livro não me interessou então, acabei nem pedindo ele. kkk
    Ultimamente tenho acertado nos pedidos da NC, quase tudo o que eu peço acabo gostando .. rs
    Também não gosto de pontas soltas e mistérios que ficam no ar. Me desmotiva =/

    Beijos ;*
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. É uma pena quando enxergamos todo o potencial de um livro e seu enredo, mas infelizmente ele não nos envolve :/ Não sei se daria uma chance para esse livro, mas me parece interessante ><

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Caline!
    Olha, mesmo você falando que o livro não funcionou com você, me interesse por causa de sinopse e por alguns fatos que você comentou.
    A mensagem a ser passada realmente parece muito bonita. É um livro que eu quero faz um tempo, mas ainda não adquiri.

    Beijos!
    Rayssa

    http://diariosdleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Caline, tudo bem?
    Pra ser bem sincera, não conhecia o livro e nem a autora. A temática envolvendo a tragédia ocasionada pelos furacões me parece bastante forte e não tenho dúvidas de que a mensagem transmitida deve ser muito bonita!
    Uma pena que o livro não funcionou pra você, não é?

    Beijos,
    Leitora Online

    ResponderExcluir
  5. Oieee =)
    Nossa, eu sei essa sensação, fiquei assim com a Hospedeira, mas li.
    também tive o mesmo problema com A menina que roubava livro, tentei três vezes e desisti.
    Gostei da capa, mas a trama e tua resenha fez com que eu fale para mim mesma que não preciso dele :P
    Beliscões carinhosos da Máh ♥
    Cantinho da Máh
    @Maaria_Silvana

    ResponderExcluir
  6. Detesto quando o livro não consegue me conquistar assim :( Tenho ele aqui em casa, mas venho empurrando a leitura para sempre. Gostei da sinceridade na resenha.
    Beijos,K.
    Girl Spoiled
    http://girlspoiled.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Caline,
    Adorei sua resenha! Super entendo o que aconteceu com você... aconteceu a mesma coisa comigo lendo Todo dia do Levithan. Infelizmente, não rolou a conexão rs.
    Acho interessante o tema abordado no livro e se tiver a oportunidade, o lerei.
    Beijos,
    Ká Andrade
    http://teens-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oie Caline
    odeio quando um livro potencialmente bom não consegue me envolver. Geralmente largo e parto pra outro, para só depois retomar a leitura.
    Tenho muita vontade de ler os livros dessa autora, especialmente por conta dos dramas familiares e mistérios, que sempre me instigam.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  9. Oii, tudo bom?
    Eu não sei dizer exatamente o porquê, mas sempre tive curiosidade sobre esse livro. Ele parece muito bom e emocionante.
    É uma pena que você não tenha gostado tanto, sei exatamente o que você quis dizer sobre isso, também já li vários livros que foram ótimos, mas por algum motivo eu não consegui mergulhar completamente na leitura.
    Apesar do que você disse, acho que vou acabar lendo.
    A resenha ficou muito boa, parabéns!

    Beijoss
    Thaís - Instinto de Leitura

    ResponderExcluir

Participe do blog... Deixe seu comentário!!!
Sua opiniões, idéias, sugestões... são muito importantes para mim.
Um xero!
P.S: Comentários anônimos não serão aceitos!!!

 
Mundo de Papel © Tema base por So Kawaii. Tecnologia do Blogger.