Pense antes de escrever e escreva depois de pensar

Imagem: We Heart It

Há algumas semanas li uma resenha que me deixou abismada. Um(a) determinado blogueiro(a) odiou um livro de todo coração e não poupou palavras para expressar isso. Sabem quando às vezes terminamos um livro morrendo de raiva porque o final foi péssimo ou quando a história é muito ruim e a gente xinga mentalmente ou até mesmo em voz alta, mas bem discretamente? Pois é, o problema é que esse(a) blogueiro(a) xingou e xingou muito o livro na resenha. Usou muitos palavrões e não poupou no vocabulário chulo. Não sou puritana e acho que as pessoas devem falar o que pensam, mas gente sejamos sensatos.

Tenho um blog literário há muitos anos e sempre prezei pela sinceridade nas minhas resenhas, independente do livro ser de parceria ou ter sido comprado. Não faço distinção na hora de avaliar, se o livro não é legal eu falo mesmo, mas é necessário saber como se expressar.

Você não gostou do livro, ok é a sua opinião, mas apesar do blog ser seu e você ter direito de falar o que pensa é interessante escolher bem que palavras irá usar. Provavelmente alguém deve ter pensado, e a liberdade de expressão fica onde? Como eu já disse antes, sejamos sensatos, você não precisa esculhambar a história e sair soltando palavrões aleatoriamente para demonstrar que o livro é horrível e que você não indicaria ele para ninguém.

Ter um blog não é para qualquer um. Não é só ler um livro e escrever qualquer coisa. Quem lê teu post geralmente está procurando alguma indicação de um livro legal ou um aviso que deve fugir daquela história. Certamente, por mais que o teu blog seja pessoal e que você escreva nele puramente por prazer, vai ficar muito feliz quando alguém ler e deixar um comentário para você. Um layout legal, uma resenha bem escrita, com a opinião bem embasada é um atrativo para que o visitante volte mais vezes. No caso desse blog que esculachou na resenha, eu não me sinto atraída para voltar. Acho que apesar da sinceridade, o texto foi mais uma agressão do que uma opinião.

Então fica a dica. Queridos blogueiros, não usem palavrões em suas resenhas. Não esculhambem um livro mesmo que vocês tenham detestado. Saibam usar as palavras. Sejam sinceros, mas acima de tudo sejam sensatos.

14 comentários:

  1. Oi Caline!
    Adorei seu texto, sensatez é algo que falta a muitos por aí. Assim como você também não me privo de criticar algo que não gostei ao ler um determinado livro, independente se é de parceria ou não (lá no blog tenho resenhas negativas tanto de livros de parceria quanto de livros que comprei). Se você odiou uma historia, não gostou da forma como o autor estruturou sua narrativa ou achou a trama muito fraca você pode e deve escrever sobre isso em sua resenha, sinceridade é algo que prezo muito nas resenhas que leio, mas sempre mantendo o respeito pelo trabalho alheio.

    ResponderExcluir
  2. Oi Caline,

    Acredito que palavrões e vocabulário chulo caracteriza falta de bons argumentos. Se não gostou do livro, você é livre para expressar, mas faça com argumentação. Ótima reflexão.

    Abraços.

    http://milvidasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. "Queridos blogueiros, não usem palavrões em suas resenhas. Não esculhambem um livro mesmo que vocês tenham detestado. Saibam usar as palavras. Sejam sinceros, mas acima de tudo sejam sensatos."

    Amei esse trechinho, Caline! Resumiu tudo! Eu acho que quando a gente vai criticar algo ou alguém, primeiro precisa conhecer o que diz e depois dizer da melhor maneira possível para (no caso de pessoas, por exemplo) não machucar ninguém.

    Essa é a diferença entre quem faz críticas construtivas e quem não tem um pingo de discernimento e compaixão por nada. Tem que ser coerente, sensato. Esculhambar por esculhambar não vai fazer diferença nenhuma para ninguém.

    Sinceridade sempre, mas respeito e sensatez acima de tudo.

    Beijos,
    Inara
    www.lerdormircomer.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Caline,

    Ótimo texto. De fato, não basta expressar sua opinião sobre um livro. Um blogueiro, mesmo que não seja um escritor ou crítico profissional, deve ter respeito pelo leitor. Sensatez é uma qualidade imprescindível a todos aqueles que, seja na linguagem escrita ou falada, expressão suas opiniões. Afinal, ninguém convence ninguém no grito! Ademais, bons modos são essenciais.

    Bjs.


    ResponderExcluir
  5. Concordo com você Caline, é claro que quando lemos podemos amar ou até mesmo odiar um livro, mas isso não significa que na hora da resenha você precise utilizar de palavrões e de vocabulário chulo, basta dizer o que não gostou no livro. Assim como você também não voltaria a acessar um blog desses...
    Ótimo post!
    Beijos
    http://allmylifeinbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bom?
    Passando para deixar um comentário rsrs
    Concordo plenamente com você ,
    esculhambar o livro é demais !!
    Meu deus , ainda bem que não vi algo assim :)
    Beijos*-*
    Território das garotas
    http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Concordo com você, eu mesma estou em uma maré que esta chovendo alguns livros não tão bons, mas tento fazer um resumo do livro e trazer os pontos que eu não gostei do livro com respeito tanto pela obra quanto pelos leitores.
    Beijos,K.
    Girl Spoiled

    ResponderExcluir
  8. Oie Caline =)

    Realmente tem livros em que a leitura é sofrível, só que por mais que as vezes eu não goste tanto do livro assim eu procuro encontrar algo de positivo para falar dele.

    Sempre digo que livro é que nem música e filme. É algo muito pessoal e as vezes o que é maravilhoso para uma pessoa é horrível para outra. Gosto é gosto e não se discute, porém o mínimo de bom senso e respeito deve ser mantido.

    Ok! Vc não gostou do livro é um direito seu, mas vc tem duas opções: Não resenha-lo ou encontrar argumentos válidos para explicar o por que e de que não gostou.

    Blogueiro assim perde o meu respeito e eu não volto no blog dele nunca mais rs...

    Beijos e uma ótima semana!
    ;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  9. Também concordo. Usar palavras chulas já não é legal até no cotidiano, mas colocar isso em uma resenha que é algo sério, onde muitas pessoas tem acesso, não é muito legal. Criticar um livro é bem complexo, mas não é assim que deve ser :(

    Beijos
    aritmeticadasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. O bom senso deve estar presente em todos os aspectos de nossa vida, sem dúvidas. Não é por desgostar disso ou daquilo que devo soltar palavrões aos quatro ventos - eu não me sentiria confortável fazendo isso, e da mesma forma, não ficaria satisfeita lendo uma resenha que fosse assim. Tudo bem ter sua opinião, todos temos o direito de tê-las, mas acho que um mínimo de boa educação e argumentação fazem toda a diferença.

    ResponderExcluir
  11. Oie Caline
    eu procuro sempre ter cuidado ao falar de um livro que eu não gostei, porque é preciso ter cuidado na hora de criticar, sem ofender. Uma pena que certos blogueiros não tenham esse discernimento.
    p.S: fiquei curiosa para saber qual é o blog rs
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  12. Nossa, adorei. Também nunca gostei desses posts onde as pessoas soltam todos os cachorros do mundo... Lembro que quando ainda tinha o Coisas Minhas,eu era um pouco (mas bem pouco) assim nas minhas primeiras resenhas. Mas, com tempo, fui amadurecendo um pouquinho nesse sentido.

    A verdade é que acho que é uma questão de opinião, o que foi MUITO RUIM para mim pode ter sido bom na perspectiva de outra pessoa... e, bem ou mal, o livro é fruto do trabalho de alguém; fazer críticas cheias de ofensas, a meu ver, é uma forma de desrespeito...

    Enfim, né. Cada um com a sua consciência! ;)

    Bjs!

    http://inescrita.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Caline, você disse tudo! Tem que saber usar as palavras, elas são uma imensa forma de poder (olha o Dumbledore em mim agora haha). Tem gente que não tem noção de que aquilo que se escreve, principalmente em locais públicos (tal como é a internet), se propaga de uma forma que não temos nem noção. Aquilo pode te prejudicar em meios que nem imaginaríamos. Não só você, mas também como o autor do livro em questão. Afinal, algo que eu não gostei, não é regra que você não vai gostar também. Somos diferentes, temos experiências diferentes. Ser sensato nesses casos é a melhor coisa a se fazer.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  14. Amei ler sua opinião e concordo em gênero, número e grau! Por mais que a gente tenha detestado o livro inteiro, ou apenas parte dele, tem que saber como expor a nossa opinião, até para que não ofenda ninguém. Cada um tem seu próprio pensamento e gosto, então, algo que você odiou, alguém pode muito bem amar. Sim, tem que demostrar claramente sua opinião, ser sincero e verdadeiro, mas ter cuidado de como você irá expor isso é muito importante!

    Brunna Carolinne - My Favorite Book - @MFBook
    myfavoritebook-mfb.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Participe do blog... Deixe seu comentário!!!
Sua opiniões, idéias, sugestões... são muito importantes para mim.
Um xero!
P.S: Comentários anônimos não serão aceitos!!!

 
Mundo de Papel © Tema base por So Kawaii. Tecnologia do Blogger.