Postais do Coração - Ella Griffin

Título Original: Postcards form the heart
Data de Publicação: 2012
Número de Páginas: 448
Editora: Novo Conceito
Classificação:
Livro cedido em parceria com a Novo Conceito




Saffy tem um trabalho incrível em uma agência de propaganda em Dublin. Ela tem sua difícil mãe a uma distância segura. E ela acredita que seu namorado ator Greg — o próximo Colin Farrell — finalmente irá pedi-la em casamento. Conor admira a linda Jess. Mas depois de sete anos e gêmeos, ela ainda não se casará com ele. Ele passa os dias ensinando adolescentes terríveis e as noites escrevendo o livro que espera que mude tudo — inclusive a mente dela. Mas está difícil de alcançar finais felizes...

Existem livros que são especiais e marcantes pela simplicidade com que são escritos. São histórias de pessoas comuns, que tem problemas, que lutam para viver, que passam por dificuldade e que conseguem se reerguer. Pessoas que amam e são amadas, outras que amam e são enganadas. São histórias de vidas reais que por mais que não pareçam com nossa história de vida, pode ser a vida do vizinho, de um amigo, de um parente ou de alguém próximo. São pessoas reais, comuns ou não tão comuns assim, em busca de um mesmo objetivo: ser feliz.

Postais do Coração de Ella Griffin é um livro lindo e que infelizmente não recebeu toda a atenção que deveria. Por um lado essa pouca atenção foi boa. Quando decidi lê-lo foi muito mais porque o nome da autora me lembrava o de uma outra que eu adoro - Emily Giffin - do que pela história em si, mas a narrativa foi me envolvendo, me levando para dentro da história e eu me apaixonei.

Saffy e Greg, Conor e Jess. Pessoas com personalidades diferentes, histórias de vida que se entrelaçam e que buscam a felicidade, cada um a sua maneira. Eles são personagens de uma história comovente, divertida, doce e emocionante que me arrebatou desde as primeiras palavras e me manteve presa página após página me fazendo suspirar, sorrir, sentir muita raiva e me emocionar.

Saffy e Greg são tipo os personagens principais do livro, mas foi a história de Conor e Jess que mais me conquistou. Talvez por Conor ser um professor totalmente desiludido com o magistério, talvez por Jess ser uma mulher bonita e independente que não se preocupa em ter uma casa simples e uma vida sem luxos. Os dois formam um casal tão comum, que em vários momentos eu tive a sensação de que eles eram reais. Os medos, os anseios, os sonhos e as desilusões dos dois com certeza são os mesmos de muitas pessoas por ai.

Admirei Jess por sua postura como mulher, por sua força e sua coragem, mas também tive raiva por ela ser tão cabeça-dura e tão pouco romântica. Conor é um homem comum que teve a sorte de conquistar o coração de uma mulher incrivelmente linda. Ele desejava realizar o seu sonho de ser escritor e dar uma vida melhor para sua família - além de convencer Jess a casar oficialmente com ele. Mas o fato é que quando você resolve dividir a vida com outra pessoa, os sonhos também estão no pacote. Ou o sonho é dos dois ou o sonho é deixado de lado ou o casamento é deixado de lado. São esses questionamentos que permeiam o relacionamento do casal e nos deixa angustiados até o último segundo.
Ella machucou o meu coração até o finalzinho. Vocês não tem noção do quanto eu xinguei o Conor por ser tão fraco e depois xinguei a Jess por ser tão turrona, mas ai... Foi lindo!!!!

O relacionamento de Saffy e Greg é algo mais hollywodiano, um pouco distante do comum, afinal ele é um ator de sucesso e ela trabalha numa empresa de publicidade. É um relacionamento glamuroso, mas depois de um tempo começa a mostrar as rachaduras. Greg é extremamente superficial e narcisista, importa-se apenas com o que ele quer. Dei muitas risadas das confusões em que ele se meteu e apesar de egoísta, ele gostava de verdade de Saffy, mas do jeito dele. Já Saffy era o tipo de mulher indepente/dependente, insegura e meio perdida. Demorou um tempo até que ela percebesse que Greg só poderia se casar com ele mesmo e só a partir daí comecei a admirá-la.

A mãe de Saffy é responsável pelos momentos de descontração, drama e emoção do livro, tudo misturado. Seu passado esconde alguns segredos que podem aproximá-la de sua filha ou afastá-la ainda mais.

Todos os personagens criados pela Ella foram incríveis, desde os de maior destaque até os tão secundários que apareceram poucas vezes na história. Já deu pra perceber que eu amei tudo, do ínício ao fim.

Na maioria dos livros existem aqueles momentos/situações que a gente sabe que só acontecerão no final.Casamentos, gravidez, realização de sonhos, descoberta de traições, aquele típico final de novela, mas em Postais do Coração as coisas acontecem agora, quando você menos espera, quando você tem a certeza que aquilo é cena para final de livro. Ella Griffin dá ritmo a história enchendo o livro de surpresinhas e você fica tão empolgada e tão envolvida que não quer parar.

Postais do Coração é um livro sobre as escolhas que fazemos e as consequências dessas escolhas. É sobre ter sonhos e lutar para alcançá-los. É sobre buscar a felicidade independente de onde essa busca irá te levar. Um livro mais do que recomendando, uma história divertida, emocionante e cheia de reflexões. Se tornou um dos meus queridinhos.

10 comentários:

  1. olá Caline
    eu tmb quero muito ler este livro, especialmente pelo nome lembrar o de emily (eu jurava que elas eram irmãs)
    adoro esses finais com surpresas, e livros que trazem histórias tão reais que nos conectam imediatamente.
    bjos

    ResponderExcluir
  2. Oi Caline,
    Ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre esse livro, mas o enredo parece ser muito bom, gosto de livros com surpresas e com personagens reais.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Primeira vez que vejo resenha desse livro, parece ser bom. Gostei, beijos.

    http://nerdicesdeumagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ei Caline!

    Delícia de história!
    Confesso que quando vi o nome da autora lembrei de cara da Emily.
    Primeira vez que leio resenha deste livro. Ele recebeu pouca atenção mesmo.
    Mas é até bom pq vc foi surpreendida com a leitura, não foi?

    Bjins

    ResponderExcluir
  5. Que linda sua resenha... Acho muito fofo quando o livro toca a gente assim desse jeito <3
    Ainda não li nada da Emily, mas pretendo :D

    Beijos
    aritmeticadasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. A Novo Conceito arrasa nos livros, né? Também quero muito ler este, só estou esperando uma oportunidade para comprá-lo.

    Ah, não sei se é de seu interesse, porém está rolando no meu blog um book tour do livro "A Linhagem". Se não for muito incômodo, poderia conferir e se inscrever? Obrigada! Aqui o link:

    http://viciadas-em-livros.blogspot.com.br/2013/05/book-tour-linhagem-camila-dornas.html

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi Caline, tem livros singelos que chamam mesmo a atenção por sua simplicidade. Foi assim que me senti ao ler Proteja-me, por exemplo, e fiquei apaixonada. Também lembrei do nome da Emily Giffin com esse livro, e fiquei super curiosa para ler esse por causa disso.
    Adorei sua resenha, e agora incluí o livro entre meus desejados ;D

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Ah que lega, bom saber o que esperar do livro já que estou com ele aqui pra ser lido. Pelo que vi, parece que vou gostar da mãe de Saffy, adoro personagens assim rs

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
  9. Menina, você sabe que eu ainda não li nada da Emily Giffin?
    Eu sei que o livro não é dela, mas é o mesmo sobrenome, né!? E parece ser o mesmo estilo de livro.
    Gostei bastante da resenha e fiquei curiosa quanto ao livro (meio arrependida por não ter solicitado ele).
    Beijos,K.
    Girl Spoiled

    ResponderExcluir
  10. Não faço muita questão de ler esse livro, mas se eu lesse, tenho certeza de que gostaria bastante!
    Beijo,
    Nic

    ResponderExcluir

Participe do blog... Deixe seu comentário!!!
Sua opiniões, idéias, sugestões... são muito importantes para mim.
Um xero!
P.S: Comentários anônimos não serão aceitos!!!

 
Mundo de Papel © Tema base por So Kawaii. Tecnologia do Blogger.