Playlist Especial #7: Bruno Mars - Unorthodox Jukebox

Já devo ter falado aqui, em algum post musical que eu não sou uma pessoa de banda/cantor/dupla, eu sou uma pessoa de música. O que isso quer dizer? Que eu posso amar a música de uma determinado cantor, mas dificilmente eu vou gostar de todas as outras músicas do cd ou até de outras músicas dele. Mas depois de Adele (minha primeira exceção), Bruno Mars me fez fugir à regra outra vez.

Nunca curti nenhuma música do Bruno, acho até que a única música que eu conheço é Talk to the moon porque na época que foi lançada e se tornou tema de uma novela, era presença constante nas rádios e como toques de celular (aliás um dia desse ouvi um celular tocando e era essa música). Enfim, as músicas do Bruno nunca me agradaram até o incrível, maravilhoso e perfeito cd: Unorthodox Jukebox.

Estou completamente in love e preciso dizer publicamente, obrigado Thiago, mais uma vez você é motivo de post aqui no blog (aliás, esse é o terceiro post que ele serve de inspiração indiretamente). Em uma de nossas conversas no famigerado ônibus da Regional, Thi me perguntou se eu já havia escutado o novo cd do Bruno Mars e a minha resposta foi não, obviamente. Daí ele se desmanchou em elogios e disse que era o cd perfeito, mas eu não dei muita atenção porque nossos gostos musicais são bem diferentes.

Um belo dia, na minha total falta do que fazer e tentando mudar o repertório do meu playlist, lembrei da minha conversa com Thi e fui procurar o tal cd. Foi paixão a primeira ouvida, com TODAS as músicas. É claro que tenho as minhas preferidas, mas todo o cd é incrível.

O que provavelmente provavelmente me conquistou foram as letras das baladas e o toque meio retrô (até os clipes tem detalhes retrôs, é muito amor!). Quando fecho os olhos e ouço Moonshine, por exemplo, é quase como se estivesse escutando Michael Jackson cantar. Em Locked Out Of Heaven, ouço uma coisa meio The Police. Treasure nos faz voltar bastante no tempo, talvez até a década de 60 ou 70, maravilhosa. When I Was Your Man, tem uma das letras mais incríveis que eu já vi. E Gorilla é o tipo de música que me enganou com sua batidinha e melodia envolvente, a letra é puro sexo selvagem (literalmente).

Já deu pra perceber o quanto eu estou apaixonada, acho que já está na hora de parar de falar e mostrar pra vocês do que eu estou falando.

Unorthodox Jukebox - Bruno Mars (cliquei aqui e escute todas as músicas)


Young Girls
Locked Out Of Heaven
Gorilla
Treasure
Moonshine
 
When I Was Your Man
Natalie
Show Me
Money Make Her Smile
If I Knew

2 comentários:

  1. Não sou fã de Bruno Mars, mas gosto de algumas músicas dele.
    Depois vou ouvir com calma a playlist , e depois eu comento o que eu achei.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ei Caline!
    Eu sou uma pessoa de música, não de banda também.
    Gosto de algumas músicas do Bruno Mars, mas não parei pra ouvir este cd.
    Acho que você vai me fazer isso. Vou ouvir lá em casa (o pc daqui não tem som) e te digo o que achei.
    Bjins

    ResponderExcluir

Participe do blog... Deixe seu comentário!!!
Sua opiniões, idéias, sugestões... são muito importantes para mim.
Um xero!
P.S: Comentários anônimos não serão aceitos!!!

 
Mundo de Papel © Tema base por So Kawaii. Tecnologia do Blogger.