Apocalipse Z: O Princípio do Fim - Manel Loureiro ( Apocalipse Z #1)

Título Original: Apocalipsis Z: El Principio Del Fin
Data de publicação: 2010
Número de páginas: 365
Série: Apocalipse Z #1
Editora: Planeta do Brasil


Em uma pequena cidade espanhola, um jovem advogado leva uma vida tranquila e rotineira. Um dia, porém, começa a ouvir notícias sobre um incidente médico ocorrido em um país remoto do Cáucaso. Apesar de aparentemente corriqueiras, as notícias chamam tanto sua atenção que ele resolve registrar suas impressões em um blog. Aos poucos, que eram apenas incomuns ocorridos em um país distante começam a se espalhar por toda a Europa.
Em menos tempo do que poderia supor, o terror se instala. Ruas, bairros e cidades inteiras são tomados por criaturas com um comportamento assustador. Sem nunca ter visto nada parecido, ele mal se dá conta de que, enquanto acompanha o desenrolar dos fatos de sua casa, a cidade onde mora também está sendo invadida por aquelas bizarras criaturas.
Isolado, apenas com seu gato Lúculo e um vizinho, só lhe resta criar uma estratégia de fuga até conseguir encontrar outros sobreviventes. Entretanto, ao tentar escapar, ele logo descobrirá que a guerra está apenas começando.

Apocalipse Z é sem dúvida um livro completamente diferente de tudo que eu costumo ler, extremamente fascinante e assustadoramente real.

O tema ZUMBI nunca fez parte do meu roll de leituras e por esse motivo resolvi apostar em algo totalmente diferente das minhas leituras, deixei os romances e seu mundo cor-de-rosa um pouco de lado e parti para um mundo cheio de não-vivos sedentos por sangue e carne fresca.

O livro é narrado em primeira pessoa na forma de um diário pessoal onde o protagonista (de quem não saberemos o nome durante todo o livro) registra desde as primeiras informações sobre a pandemia até os seus planos de fuga e a luta para sobreviver. Junto com seu folgado gato Lúculo ele foge da sua casa em busca de algum refúgio onde ainda existam humanos e que seja seguro o suficiente para manter aquelas "coisas" longe.

Narrado de forma detalhada e bastante ágil, o autor nos mostra não apenas as dificuldades para escapar dos não-mortos, mas também a luta para superar as fraquezas humanas como fome, sede, dor, medo... Além disso o livro consegue mostrar como ficaria o mundo depois de um evento apocalíptico, às atitudes dos governos e principalmente a forma como a humanidade reagiria a todo o caos. O instinto humano fala mais alto e cada um só pensa em salvar a própria pele.

Tenso, angustiante, cheio de reviravoltas e surpresas, Apocalipse Z mantem o mesmo ritmo aterrorizante do início ao fim sem deixar que a leitura se torna entediante ou cansativa. A narrativa em primeira pessoa faz com que o leitor se sinta no lugar do protagonista, vivendo todos os momentos de medo e lutando para não se tornar um deles.

A leitura se tornou ainda mais assustadora por usar argumentos tão verossímeis. Sem dúvida alguma existem vários laboratórios secretos espalhados pelo mundo, realizando pesquisas com agentes patogênicos letais que podem acabar com a vida de centenas ou milhares de pessoas de forma muito mais rápida e letal do que uma invasão armada. Não acredito que exista um vírus capaz de tranformar nós humanos em não-vivos, mas acredito que possam existir vírus que são verdadeiras armas biológicas e que podem provocar uma pandemia e levar o mundo ao caos, um exemplo disso foi o que aconteceu a pouco tempo atrás com o Vírus A (H1N1).

Com uma narrativa envolvente, momentos de pura tensão e algumas tiradas inteligente com um humor bem negro, Apocalipse Z é uma leitura mais do que recomendada para todos os fãs do gênero suspense/terror, para quem que ler algo completamente diferente e empolgante, para quem não tem nada para fazer... enfim, é recomendado pra todo mundo porque esse livro é bom demais.

Série Apocalipse Z:
1. O Princípio do Fim (2010)
2. Os Dias Escuros (2011)
3. A Ira dos Justos - não-lançado (2011)

Avaliação (1 a 5):

5 comentários:

  1. Ei Caline!
    Nunca li nada de zumbis, mortos-vivos e coisa e tal. Tudo que vejo sobre o assunto me faz lembrar de Resident Evil (gosto do filme, mas tenho medo do jogo do PS2) e Eu sou a Lenda (gosto tb).

    Quero conhecer! Vai para o Skoob.

    Eu tb acredito que tem gente fazendo vírus por aí ;)

    Bjins

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Sou louca para ler um livro assim, tenso, cheio de mistérios, e zumbis. Sua resenha ficou ótima, o livro parece ser muito bom, fiquei com vontade de lê-lo! Preciso deixar de lado também os livros de romances, para me aventurar mais nos livros de terror e suspense, eu amo esse gênero *o*!
    É a primeira vez que visito o seu blog, e já estou seguindo:) Espero que goste do nosso blog também, te convido para conhecê-lo ^^

    Beijos!
    Elidiane - Leitura entre amigas
    leituraentreamigas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Ui, me dá medo! ADOREI a resenha, simplesmente perfeita Caline, e até fiquei curiosa para ler. Li um livro nesse estilo há pouco tempo, e cheguei a ter pesadelos, hauhua. Noturno, só que falava de vampiros.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Ótimo livro e ótima resenha.
    Esse é um livro realmente bem tenso e divertido de se ler. Lerei em breve o segundo da série. Por enquanto lendo "Metro 2033" o qual recomendo pra quem gostou de apocalipse Z.

    ResponderExcluir
  5. É A PRIMEIRA VEZ QUE ENTRO NO SEU BLOG, MÁS GOSTEI BASTANTE SER APAIXONADO POR LITERATURA É COMO VIVER UM AMOR MEDIEVAL,É DESCOBRIR UM MUNDO ALÉM DO QUE CONHECEMOS É IR A LUGARES CONHECER PESSOAS QUE JAMAIS VEREMOS É UMA ESPERIENCIA D MAIS BJS.

    ResponderExcluir

Participe do blog... Deixe seu comentário!!!
Sua opiniões, idéias, sugestões... são muito importantes para mim.
Um xero!
P.S: Comentários anônimos não serão aceitos!!!

 
Mundo de Papel © Tema base por So Kawaii. Tecnologia do Blogger.