Uma carta de amor - Nicholas Sparks [Desafio Literário - Julho]

Título Original: Message in a Bottle - 1998

Dois corações machucados pela perda e pelo sofrimento. Uma carta que pode mudar tudo.

Theresa é uma jornalista, divorciada que acreditou no amor uma vez e se decepcionou. Sua vida agora restringe-se apenas a cuidar do filho e mergulhar de cabeça no trabalho. Todas as tentativas de encontrar alguém para preencher novamente o seu coração e sua vida, foram frustradas.

Mas tudo muda no dia em que ela encontra no mar uma garrafa com uma carta de amor. Um amor sofrido por não ter a pessoa amada ao seu lado. A carta desperta os mais profundos sentimentos em Theresa que ao compartilhar a mensagem encontrada na garrafa com a editora chefe do jornal onde trabalha, decide publicá-la em sua coluna.

Querida Catherine,
Sem você em meus braços eu sinto a minha alma vazia. Surpreendo a mim mesmo examinando os rostos numa multidão à procura do seu. Sei que é impossível mas não posso evitar.

Depois da publicação, Theresa é procurada por outras pessoas que dizem ter encontrado cartas com características bem parecidas com a que foi publicada. Todas se iniciam da mesma forma: Minha querida Catherine... e todas terminam assinadas pela mesma pessoa: Garret. Após ter acesso a outras duas cartas igualmente emocionantes e tocantes, Theresa decide encontrar o homem atormentado por não ter a mulher da sua vida, seu grande amor, ao seu lado. As cartas fornecem algumas pistas importantes que ajudam a localizá-lo.

Tudo que ela quer é apenas conhecê-lo. Conhecer o homem de palavras sensíveis e torturadas, que revela um amor dificil de se encontrar e no qual ela não acredita existir mais.
Mas quando os olhares se cruzam algo mais forte e imprevisível começa a nascer entre os dois.

Garret tentava conter suas emoções em conflito. Estava excitado com aquele encontro casual e marcante,...

Garret é um homem solitário, atormentado pela morte da sua amada esposa Catherine e que sempre que sente sua falta escreve cartas que são lançadas ao mar, cartas como as que Theresa encontrou. Apesar de se prender a esse amor, Garret sente que Theresa toca profundamente seu coração como nenhuma mulher conseguiu depois de Catherine e decide dar uma segunda chance ao seu coração.


É em torno da determinação de uma mãe dedicada e do sofrimento de um homem que machucado pela dor da perda de sua amada, coloca garrafas com mensagens do que resta de vida no seu coração, que Sparks escreve uma das mais belas histórias de amor da literatura contemporânea.

Esse livro é a história de um amor perdido e reencontrado. Um homem e uma mulher que há muito não acreditavam no amor, unidos por uma mensagem lançada ao mar.
Um livro envolvente, tocante, emocionante, da primeira a última palavra. Que nos transmite saudade e esperança, que marca profundamente e que nos dá uma visão geral sobre a vida, o amor e as escolhas que temos que fazer.

Arrisco dizer que é um dos melhores livros de Nicholas Sparks, que me levou as lágrimas e que me tocou profundamente. Muito tempo depois de tê-lo terminado a história continua viva na minha memória e no meu coração. Cada detalhe, cada palavra, tudo o que poderia ser e não foi. Um livro do qual dificilmente irei esquecer.

11 comentários:

  1. Já assisti o filme, mas o livro ainda não li, deve ser muito melhor pelo sua resenha, mais sensivel e emocionante. Já vai pro topo da minha listinha.
    bj

    ResponderExcluir
  2. uiii, medo do Nicholas... medo de amar demais os livros dele!

    ResponderExcluir
  3. Ola´!
    Eu só assisti ao filme. Gostei, mas é muito triste. Sparks só escreve tragédia, ele é muito deprê credo. kkkk
    Não tem uma história com final feliz...dá até raiva. Já dá para prever os finais...morte de alguém. rsrs
    Ando não querendo mais ler os livros dele, chega de lágrimas e chororo. rsrsrs
    Mas a sua resenha ficou ótima. Parabéns
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Já assisti ao filme e amei, mas não tive oportunidade de ler.
    Do Nicholas, li recentemente Querido John e A última música.

    Bjim!

    ResponderExcluir
  5. Ei Caline,

    Acredita que já vi vários filme mas ainda não li nenhum livro do autor. Estou super atrasada.

    Amei a resenha, já vi este filme e é tãooo lindo, quero ler e já vi que vou chorar horrores rs

    bjo

    ResponderExcluir
  6. Parece ser lindo mesmo, ainda não tive a oportunidade de ler esse, mas com certeza vou correr atrás...
    Amei a resenha!!!

    ResponderExcluir
  7. Nunca li esse, mas tenho a maior vontade... amo o filme, é lindo! :)

    ResponderExcluir
  8. Nossa, essa historia é bem linda mesmo...
    Acho q tem um filme bem parecido ;)
    Seu blog é lindo
    Bjos

    ResponderExcluir
  9. Li esse livro há muito tempo atrás... não me lembro dos detalhes, mas lembro que a estória era bem envolvente e eu gostei bastante!
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Sim, é um livro tocante, apesar tê-lo há um tempinho, lembro-me do quanto me foi marcante.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Eu gostaria de saber se alguém sabe o que a reporter disse no final do filme, pq foram lindas as palavras servem de conforto pra quem perdeu um gd amor ....

    ResponderExcluir

Participe do blog... Deixe seu comentário!!!
Sua opiniões, idéias, sugestões... são muito importantes para mim.
Um xero!
P.S: Comentários anônimos não serão aceitos!!!

 
Mundo de Papel © Tema base por So Kawaii. Tecnologia do Blogger.