O Último Sacrifício - Richelle Mead (Vampire Academy #6)

Título Original: Last Sacrifice
Data de Publicação: 2013
Número de Páginas: 536
Série: Vampire Academy #6
Editora: Agir
Classificação:

Rose Hathaway sempre jogou com suas próprias regras. Ela quebrou as regras quando fugiu da Academia St. Vladimir com sua melhor amiga e a última princesa Dragomir sobrevivente, Lissa. Ela quebrou as regras quando se apaixonou por seu maravilhoso e fora-dos-limites instrutor, Dimitri. E ela ousou desafiar a Rainha Tatiana, a líder do mundo Moroi, arriscando sua vida e reputação para proteger futuras gerações de guardiões dhampir. Agora a lei finalmente pegou Rose por um crime que ela sequer cometeu. Ela está presa pelo mais alto crime imaginável: o assassinato de um monarca. Ela precisará da ajuda de Dimitri e Adrian para encontrar a única pessoa viva que pode atrasar sua execução e forçar a elite Moroi a reconhecer uma chocante nova candidata ao trono real: Vasilisa Dragomir. Mas o relógio está correndo contra a vida de Rose. Ela sabe em seu coração que o mundo dos mortos a quer de volta… E desta vez ela realmente não tem uma segunda chance. A grande questão é: quando sua vida é dedicada a salvar os outros, quem vai te salvar?

Depois de quase quatro anos é hora de dar adeus a série Academia de Vampiros. Entre idas e vindas, alguns abandonos e momentos de desânimo estou me despedindo de Rose, Dimitri, Lissa, Christian, Adrian e tantos outros personagens que me acompanharam durante todo esse tempo. De alguns sentirei muitas saudades, de outros quero distância e prefiro esquecer que "convivi" com eles. Foram muitos dramas, romances complicados, momentos de tensão, perigo e segredos revelados. Apesar de ter me decepcionado em alguns momentos, de modo geral foi uma série que marcou por mostrar a mitologia dos vampiros de forma diferente, interessante e muito bem construída, além dos romances que em vários momentos me fizeram suspirar.

O Último Sacrifício foi uma leitura cheia de altos e baixos e talvez por isso - além da minha total falta de tempo - tenha demorado tanto para conseguir concluir. O último livro terminou com Rose sendo acusada de um crime bastante grave. Claro que ela fugiu na primeira oportunidade que apareceu - Dimitri e Sidney foram juntos - , enquanto os outros amigos que ficaram tentavam encontrar um jeito de provar sua inocência.

Os momentos que Rose viveu durante a fuga certamente foram os melhores do livro. Teve muita ação, situações engraçadas, tensas e cheias de adrenalina. O romance deixou um pouco a desejar. Não que a autora não tenha caprichado nas cenas, o problema é que eu estava esperando por isso desde o quarto livro e o que Richelle deu foi muito pouco (poucas cenas, quero dizer) para o meu coração. Ela focou muito mais na trama, na conspiração e na acusação que Rose estava sofrendo (o que de forma alguma foi um problema, por que eu adorei o ritmo desse lado da trama), do que na reaproximação entre Dimitri e Rose. O problema é que eu nunca me canso de ver esse dois juntos e meu coração romântico sempre quer mais.

A parte chata e desanimadora ficou por conta de Lissa, como sempre. Através do laço que Rose tinha com ela, podíamos ver o que estava se passando na Corte e eram sempre nesses momentos que eu parava a leitura por ficar entediada. As situações eram muito importantes para o desenrolar da história, mas minha birra com Lissa era tão forte que eu não conseguia me empolgar e só queria que Rose voltasse logo para sua realidade.

Com relação a trama, aconteceram muitas coisas que não pareciam fazer sentido ou ter ligação com o que havia acontecido, mas aos poucos a autora foi juntando cada detalhe e tudo se encaixou perfeitamente. Jamais desconfiei do verdadeiro culpado pelo crime que Rose estava sendo acusada, para mim foi uma surpresa total, mas que fez todo o sentido.

Terminei o livro com a sensação de que faltava algo. Fiquei com algumas perguntas na cabeça e achei que elas nunca seriam respondidas. Não era nada grande ou que tenha influenciado negativamente minha opinião sobre a história,  era só uma sensação que ficou comigo depois de ter terminado, como se aquele não fosse o último livro e a autora ainda tivesse algo a dizer. Então, fui vasculhar o Skoob e descobri que a série Bloodlines talvez tenha todas essas respostas e já estou enlouquecida de vontade de começar.

Certamente esperava muito mais de O Último Sacrifício, queria um livro 5 estrelas e que ficasse marcado no meu coração. Não foi isso o que aconteceu, mas foi uma leitura legal que me permitiu viver momentos incríveis com Rose e Dimitri e que deu um final aceitável para os dois. Espero ainda poder encontrá-los futuramente.

1 comentários:

  1. É uma pena que você não tenha encerrado a série com cinco estrelas, mas essas coisas acontecem. Eu tinha muita vontade de ler Vampire Academy, porém, depois do filme, achoque não era bem o que eu imaginava, decidi adiar a leitura um pouco mais.

    Quanto a Cuco, fiquei mesmo decepcionada porque no final a Rose continuou sendo passiva além de um pouco louca. Acho que isso me fez parar de ignorar todos os aspectos do livro que me irritavam.

    Beijos. Tudo Tem Refrão

    ResponderExcluir

Participe do blog... Deixe seu comentário!!!
Sua opiniões, idéias, sugestões... são muito importantes para mim.
Um xero!
P.S: Comentários anônimos não serão aceitos!!!

 
Mundo de Papel © Tema base por So Kawaii. Tecnologia do Blogger.