Como Eu Era Antes de Você - Jojo Moyes

Título Original: Me Before You
Data de Publicação: 2013
Número de Páginas: 320
Editora: Intrínseca 
Classificação: 


Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Além disso, trabalha como garçonete num café, um emprego que ela adora e que, apesar de não pagar muito, ajuda nas despesas. E namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.
Quando o café fecha as portas, Lou se vê obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, a ex-garçonete consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto e planeja dar um fim ao seu sofrimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

Perdi a conta de quantas vezes comecei a escrever essa resenha, quantas vezes me peguei pensando quais palavras usar. Queria escrever algo que fosse perfeito, queria convencer vocês desde a primeira frase a ler esse livro. Foram muitas tentativas, mas não obtive sucesso. Nada parecia bom o suficiente, nada estava a altura da história que encontrei, as palavras pareciam fugir de mim porque as emoções falavam mais alto. Então, decidi que escreveria e deixaria o meu coração falar. Colocar as minhas emoções aqui é a melhor forma de mostrar a vocês o quanto esse livro é incrível.

Quando comecei a ler Como Eu Era Antes de Você tinha uma vaga ideia da história que encontraria. Já havia lido algumas resenhas e até mesmo comparações com um determinado filme, mas o fato é que todas as opiniões que li não me prepararam para a história magnífica que eu iria encontrar. Essa é uma história sobre a vida. É real e corajosa. Há risos e tristeza e quando você terminá-la ela continuará com você por muito tempo.

Já conhecia e admirava o trabalho da Jojo Moyes desde A Última Carta de Amor, mas ela conseguiu me surpreender ao criar uma história com personagens humanos, vivendo dramas reais que me fizeram refletir e repensar sobre vários aspectos da minha vida. Sua escrita é inteligente e alegre, detalhista e delicada, doce e forte. Seus personagens são todos ricamente desenvolvidos e os diálogos  entre eles são inteligentes e intensos.

Lou e Will tinham defeitos e qualidades, tinham problemas e tentavam cada um a sua maneira, viver com eles e superá-los. O relacionamento entre os dois não foi fácil, pelo menos no início. Lou era inexperiente e Will dificultou bastante as coisas com seu temperamento forte, suas frases irônicas e debochadas e sua sinceridade um pouco chocante em alguns momentos.

Não consegui condenar Will por quem ele era quando conheceu Lou ou pela forma como ele a tratava e as outras pessoas que tentavam se aproximar. Ele era um espírito livre, vivia a vida intensamente e aproveitava todas as oportunidades que surgiam. Era rico, inteligente, bonito e bem-sucedido. Não dava para julgar e condenar as ações de uma pessoa que tinha uma vida como essa e de repente, tornou-se dependente de outras pessoas para tudo, até as pequenas coisas. Além disso,  não deve ser nada fácil suportar o olhar de pena e a reação desconfortável de algumas pessoas diante de sua situação.

Lou era uma garota incrível. Foi impossível não admirar sua determinação, seu desejo de fazer com que Will mudasse de ideia e voltasse a ter vontade de viver. Ela insistiu, persistiu, lutou bastante e conquistou algumas batalhas. A garota simples, de sonhos pequenos e uma rotina comum, amadureceu e com a ajuda às vezes maldosa e provocativa de Will, começou a sonhar novos sonhos, percebeu o quanto era inteligente e capaz e se tornou uma mulher determinada e mais forte.

O envolvimento entre Lou e Will aconteceu aos poucos. Entre diálogos afiados e cheios de ironia, gritos, lágrimas, sorrisos, momentos de superação e conquistas, Lou e Will se aproximaram, passaram a admirar um ao outro e se respeitar. O amor que nasceu entre eles foi sutil, doce e amargo, mas acima de tudo verdadeiro.

O livro é narrado na maior parte do tempo por Lou, mas há alguns capítulos intercalados ao longo da história a partir da visão dos pais dela, de Nathan (o enfermeiro de Will) e da irmã de Lou. Essa alternação entre narradores nos permite ver e sentir que esse tipo de situação afeta todas as pessoas envolvidas, direta ou indiretamente.

Uma das coisas que mais me marcou durante a leitura foram os temas polêmicos que o livro abordou e debateu. Tenho opiniões fortes sobre eles, mas a autora me fez questionar algumas dessas opiniões. A vida não é preto no branco e não há resposta certa ou errada para determinadas questões. Gostaria de deixar claro que minhas opiniões não mudaram, mas percebi que é errado julgar a decisão de alguém quando não é você que está sentindo na pele as dificuldades.

Como Eu Era Antes de Você é um livro maravilhoso, que me fez enxergar o quanto somos ingratos por não agradecer todos os dias pela vida que temos e por não sabermos apreciar as pequenas coisas. Ele mexeu comigo como poucos, marcou meu coração e permaneceu comigo por muito tempo depois que eu havia terminado. Não é uma leitura fácil por causa da magnitude de sua profundidade, mas no final, mesmo chorando e me sentindo devastada, fiquei agradecida por ter tido a chance de conhecer essa história que se tornou uma das minhas favoritas de todos os tempos.

P.S.: Esse livro me lembrou muito o filme Intocáveis que eu já resenhei aqui. Vale muito a pena conferir a história, principalmente por ter sido baseada em fatos reais. E por falar em filme haverá uma adaptação para o cinema desse livro. Confesso que não estou nada feliz com a ideia, mas não vou conseguir não assistir quando ele for lançado.

Update 08/09 ás 11:38: a autora Jojo Moyes publicou no seu Twitter o nome dos atores que interpretarão Will e Lou, são os já conhecidos Sam Claflin e Emilia Clarke.

19 comentários:

  1. Olá Caline!

    A Jojo consegue ser muito profunda com suas palavras, e isso é maravilhoso! Como Eu Era Antes de Você virou o meu livro favorito de todos os tempos, e não consigo pensar na história sem sentir um aperto no coração! Preciso der A Última Carta de Amor logo <3
    Amei a sua resenha! Que venha o filme! <3

    Beijos,
    Ana M.
    www.vicioemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Esse livro é perfeito!
    E agora vai virar filme né?
    Amei!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  3. Tenho que ler RSRrs Ainda mais que vai virar filme então curiosidade só aumenta.
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Nossa, eu me apaixonei só em ler a resenha rs. Estou ansiosa para ler o livro.
    Beijoooos !

    ResponderExcluir
  5. Eu ainda não li esse livro, não sei pq acho que eu não vá gostar e por isso fico enrolando pra uma fase mais doce. Porém a sua resenha deu uma anorme vontade aqui. Obrigada

    ResponderExcluir
  6. Ei Caline

    Sua resenha ficou perfeita sim, eu que já li, e também amo o livro, quase me emocionei de novo. Eu não julgo este tipo de atitude e não tenho opinião formada sobre o assunto, concordei com o Will e teria desgostado se o final fosse outro, realmente é fácil falar se não está em uma condição como essa. A história dos dois foi linda, o amadurecimento da Lou então aiai, deu até vontade de ler de novo rs.
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Olá!

    Quero muito ler depois da sua resenha, fiquei mais apaixonada! Parabéns!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi, Caline!
    Eu realmente quero ler esse livro. Acredito que seja muito lindo e triste mesmo.
    Eu tenho um outro livro da autora, mas ainda não o li. Acredito que todas as suas histórias sejam boas. Espero poder conferir este livro em breve. Possivelmente sentirei o mesmo que você. Adoro histórias assim.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  9. Olá, Caline.
    Esse livro é incrível, sensível e diferente de tudo que estamos acostumadas. Eu adorei o romance e a forma que ele não é convencional, adorei o fato do livro ser totalmente imprevisível, adorei a capa e adorei mais ainda sua resenha <3.
    Beijos.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oie Caline
    uau, que resenha mais profunda. Conseguiu passar perfeitamente o conteúdo do livro. Eu sou do time das que amam os romances da Jojo. Já li os três lançados no Brasil, e esse foi o que mais me tocou, e me deixou devastada.
    Também não fico contente com a adaptação (com certeza irão estragar o roteiro), mas não vou resistir rs
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Caline, tudo bem?
    A melhor forma de se escrever uma resenha é com o coração e com os sentimentos. Tem livros que mexem com agente né? Já li inúmeras resenhas desse livro e só leio elogios. Quero poder ler em breve, em especial por conta do filme. Apesar de ficar com um pé atrás sempre que sei que terá adaptação, mas as ultimas estão sendo tão bem feitas, que está valendo a pena.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    ResponderExcluir
  12. Oie Caline =)

    Quero tanto ler esse livro *-*
    Tenho ele no Kobo, mas sabe quando você tem aquela sensação que precisa do livro físico?
    Só leio resenhas maravilhosas dele e não vejo a hora de me encantar pela história também.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  13. Oi Caline =)

    Nossa, que resenha mara =)
    Eu já li o livro e ... ele me destroçou.... e eu me apaixonei por ele.
    Impossível não amar e também não sair machucada depois de terminar a leitura.
    Adorei sua resenha, passou perfeitamente tudo o que o livro traz. E sim, é muito difícil falar sobre ele.

    Ótima resenha =)

    Beijos,
    Livy
    No Mundo dos Livros

    ResponderExcluir
  14. Juro que não peguei esse livro para ler porque não me sinto preparada para ele ainda. Tem algo que me impede de ler livros com um teor mais série e - possivelmente - triste, mas fico encantada quando leio resenhas das pessoas que não encontram palavras para descrever o quanto se afeiçoaram e gostaram de um livro.
    Queria muito tomar coragem de ler, mas por enquanto fico me emocionando lendo as resenhas lindas de vocês.

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oii! Eu li esse livro na semana passada e menina, chorei litros!
    Adorei o livro, meu psicológico ão estava preparado pra tudo aquilo!!
    Estou emocionada só de ler a resenha )))): oh céus!
    Beijos, http://umlivronaestante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Nossa, agora você me tocou. Faz tempo que quero ler este livro. Vi que vai sair o filme e que os autores estão meio que escolhidos. Mas quero ler e acho que vou pegar emprestado hoje com alguém.. rsrsrsrs

    Linda mesma sua resenha!

    Beijos

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  17. Nossa, você gostou mesmo do livro! Já estive para comprar ele várias vezes, e não fiz. Agora fiquei curiosa.

    Beijos!

    Máh - Storm of Books

    ResponderExcluir
  18. Diferente de você, antes de ler Como eu era Antes de Você, eu não havia lido nada da autora, e pretendo não fazer isso novamente. Sabe, eu consigo te entender, o livro realmente nos toca como poucos fazem, mas não consigo indicar esse livro para ninguém. Ninguém mesmo. Pois não acho que vale a pena. A história é muito bonita, os ensinamentos são enormes, só que, após o final, fiquei com a sensação de que tudo que a Lou fez/tentou fazer foi em vão, tudo o que eles passaram não valeu a pena para que o final fosse outro. Então não consigo dizer: vá, leia esse livro, porque ele é perfeito. Na verdade, sempre que tenho oportunidade, peço para as pessoas passarem bem longe dele. E isso até me dói, muito. Uma pena :/
    Eu não iria conferir o filme, mas depois que fiquei sabendo que o meu querido Sam protagonizará, não conseguirei ficar longe dos cinemas. Precisarei conferi-lo naquela telona. Desejo que o final da adaptação seja diferente, mas acho bem difícil isso acontecer, então apenas quero que o Sam faça muito sucesso.

    Brunna Carolinne - My Favorite Book - @MFBook
    myfavoritebook-mfb.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Oi Caline *---*'
    Ahh, esse livro é incrível! <3
    Ele com certeza consagrou Jojo Moyes como uma das minhas autoras favoritas.
    Eu li muitas críticas positivas e negativas sobre ele por conta da decisão de Will, mas eu entendo, como não poderia entender? É uma história sincera, que vai permanecer nos nossos corações para sempre, que faz pensar e traz um ponto de vista único.
    Eu gosto muito de adaptações cinematográficas, então fiquei feliz com o filme.
    Eu infelizmente só não imaginava o Sam Claffin como Will, porque na verdade ele é outro personagem na minha cabeça: Holder de Um Caso Perdido. Você já leu? Se não tiver lido, por favor LEIA! kkkk <3

    Beijos,
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir

Participe do blog... Deixe seu comentário!!!
Sua opiniões, idéias, sugestões... são muito importantes para mim.
Um xero!
P.S: Comentários anônimos não serão aceitos!!!

 
Mundo de Papel © Tema base por So Kawaii. Tecnologia do Blogger.