As Regras da Sedução - Madeline Hunter (Rothwell Brothers #01)

Título Original: The Rules of Seduction
Data de Publicação: 2013 
Número de Páginas: 272
Série: Rothwell Brothers #01
Editora: Arqueiro
Classificação:



Lorde Hayden Rothwell chega à casa de Alexia Welbourne sem aviso e sem ser convidado – um homem poderoso e sedutor, movido por interesses obscuros. Sua visita anuncia a ruína financeira da família de Alexia e o fim das esperanças da jovem de um dia conseguir um bom casamento. Para se sustentar, a moça recebe a proposta de ser dama de companhia de Lady Henrietta Wallingford e preceptora de sua filha. O problema é que a oferta vem do sobrinho de Henrietta, ninguém menos que lorde Hayden.
Morando na casa da tia de Rothwell, Alexia descobre que a proximidade com o homem que destruiu sua família pode ser perigosamente irresistível. Num gesto impensado, ela se entrega a ele, e ambos se veem obrigados a se casar. O que Alexia não sabe é que os atos aparentemente arrogantes de seu belo e sensual marido são motivados por uma dívida de honra que pode levá-lo a sacrificar tudo.
Com tantas mágoas e segredos entre eles, o casal tem tudo para se manter afastado. Mas Hayden é um homem apaixonante e Alexia, a tentação que o faz perder a cabeça. Morando sob o mesmo teto, eles acabam se aproximando e, juntos, vão descobrir um jogo de sedução em que cada um faz as próprias regras.

Sabe aquele livro que você procura algo para criticar mas não encontra? Os personagens são ótimos, os diálogos também, a narrativa é envolvente e a história uma delícia. É tudo tão bom que você fica esperando o momento em que as coisas vão sair dos eixos ou o momento em que algum personagem vai fazer uma grande besteira e você vai se arrepender de ter gostado dele em algum momento. Entretanto, o livro termina e nada disso acontece. Você se divertiu, suspirou, torceu pelo casal e a única coisa que te deixou triste foi que a história chegou a final. Tudo isso aconteceu comigo enquanto lia As Regras da Sedução de Madeline Hunter.

Comprei esse livro assim que ele foi lançado ano passado junto com O Duque e Eu e Desejos à Meia-Noite. Lembro de ter lido esses dois últimos assim que eles chegaram, mas depois de ter visto uma resenha negativa sobre As Regras da Sedução, releguei-o ao lugar mais escondido da minha estante. A resenha havia sido tão enfática em afirmar que o livro era decepcionante que eu nem cogitei a possibilidade de dar uma chance a ele. Só posso dizer o quanto me arrependo, porque amei cada segundo que passei viajando em suas páginas.

Alexia Welbourne foi provavelmente a grande responsável por essa história ter me conquistado. Gosto de mocinhas fortes e decididas, que não medem as palavras e passam por cima das convenções sociais que nessa época tratavam as mulheres como objeto de admiração, desprovidas de inteligência e vontade própria. 

Alexia apesar de ser órfã e morar de favor na casa dos primos, não se vê intimidada diante de Lorde Hayden Rothwell, o homem responsável por levar seu primo à falência. Ela fala o que pensa e age como quer, deixando transparecer toda sua hostilidade e desagrado pelo Lorde. É claro que ele responde à altura e fica cada vez mais fascinado pela jovem atrevida.

Lorde Hayden Rothwell é bonito, inteligente e poderoso, tem uma habilidade incomum com os números e provavelmente por isso prefira uma mulher de personalidade a uma garota bonita e vazia.

Não é nenhum spoiler dizer que os dois trocam inúmeras farpas antes de se entregarem à paixão. O mais legal é que nesse livro não existe aquele amor instantâneo que tanto me incomoda nos romances de banca e nos de livraria. Alexia e Hayden se sentem atraídos um pelo outro, deixam essa atração falar mais alto, protagonizam inúmeras cenas calientes, mas o envolvimento emocional demora a acontecer. Eles se conhecem primeiro, passam a se respeitar e aceitar as qualidades e defeitos um do outro e a partir dai os sentimentos começam a nascer. A autora foi desenvolvendo com cuidado os sentimentos dos dois.

O livro só não foi perfeito por dois motivos. O primeiro foi o destino de um personagem. Ele mentiu, enganou, roubou e no final das contas saiu ileso. A forma como Alexia descobriu as mentiras contadas por ele também foi um pouco sem credibilidade e as reações dela também. O segundo motivo é com relação ao final. Foi rápido demais e merecia pelo menos mais umas 4 páginas, para que ficasse bem desenvolvido, bem amarrado e bem finalizado.

A narrativa envolvente, os diálogos inteligentes, a personalidade marcante dos personagens e as cenas sensuais bem descritas sem pender para a vulgaridade, me conquistaram completamente. As Regras da Sedução é um romance delicioso, como há muito tempo não lia, com direito até a algumas surpresas que eu realmente nem desconfiei. Estou super animada para ler os outros livros da série, a autora ganhou um lugar especial na minha estante.

13 comentários:

  1. Oi Caline!
    Morro de curiosidade de ler essa série da Madeline, mas ainda vou ter que esperar um pouquinho. Quando ela foi lançada, junto com os outros livros de romances de época da Arqueiro, optei por acompanhar os livros da Julia Quinn e deixei esse para depois.
    Que bom que curtiu a leitura. No evento de Romances de Época falaram super bem dele e espero ler em breve.
    Beijos
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
  2. Oie,
    sei bem o que quer dizer deste personagem. Ele realmente deveria ter levado uma na cabeça, mas mesmo assim gostei bastante do livro.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Caline,
    Como as três séries têm recebido comentários positivos, eu estou lendo os livros aos poucos, mas sem dúvida vou querer conferir a trama de “As Regras da Sedução”, já que também gosto de mocinhas decididas e relacionamentos que acontecem de forma natural.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Simplesmente AMO história de época.
    Os romances de época da Arqueiro vieram pra arrebentar e estou amando cada um das 3 autoras. Sou muito fã da Julia Quinn desde nem sei qnto tempo, mas estou virando fã da Madeline e da Lisa tb. <3
    Adorei a resenha, minha mãe leu todos os 3 livros de cada série e simplesmente amou.
    Pretendo começar nessas férias antecipadas. :)
    Resenha #147 - Entre O Agora e O Sempre - Entre O Agora e O Nunca - Livro 02 - J.A. Redmerski.
    Confere lá!
    http://manuscritodecabeceira.blogspot.com.br
    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Caline!
    Adorei a resenha, parece ser um ótimo romance.
    Uma dúvida: a série é uma continuação direta desse livro? Ou são histórias independentes?
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  6. oie Caline
    Madeline e seus romances de época são os únicos que ainda não me aventurei. E pela sua resenha o livro é perfeito, ainda mais com o desenvolvimento vagaroso do romance dos dois. Amo quando isso acontece. Mesmo com as ressalvas, estou louca para ler o livro.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  7. OI,
    Esse livro em questão não me atraiu, sei lá desses romances da Arqueiro o unico que me prendeu um pouco foi os da Julia Quinn
    Brubs
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Essa é a série dos romances de época da arqueiro que eu menos me empolgo para ler. Primeiro quero ler os da Quinn que são <3 <3 <3 e depois dos vestidões maravilhosos.
    Mas enfim,o motivo é que apesar de ter pessoas que gostaram como você a maioria fala que ele é mais fraquinho.
    Beijos,K.
    Girl Spoiled
    http://girlspoiled.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Caline! Depois dos romances da Julia Q., os da Madeline são meus preferidos, apesar de ela não optar tanto pela linha de humor que a outra autora, eu adoro as vidas complicadas de seus mocinhos e mocinhas. Estou no terceiro desta série e não vejo a hora de ler o do marquês, dos três irmãos, ele é o mais misterioso.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  10. Romances de época sempre seguem um padrão não é? Esse lance de farpas e tals entre o casal. ahauhauhau
    Eu pessoalmente adoro! E esse livro talvez seja o meu predileto de todos os romances de época que a Arqueiro lançou. Já li as três autoras. Todos da Julia, um da Keyplas e dois da Hunter. E de longe, esse é o meu preferido. Muito fofo!!!!
    Que bom que você gostou! Prova que não sou sozinha nessa. ahuahua

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oie Caline =)

    Eu já li os três livros dessa série lançados pela Arqueiro, e o que mais gosto é o do segundo Lições do Prazer.

    A Madeline traz romances mais maduros com personagens com uma boa dose dramática e eu gosto muito disso nos livros dela. Sou completamente apaixonada pelo marques <333 não vejo a hora dos livro que conta a história dele ser lançado *-*

    Beijos e uma ótima semana;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  12. Oi Caline,
    Não sou muuuito fã de romances de época, mas sua resenha me conquistou!
    Ainda não tinha visto nenhuma resenha do livro, apenas alguns comentários, mas a premissa de um romance intenso e bem real me pareceram bem interessantes.
    Gostei da história e adorei sua resenha! Espero poder ler o livro logo!! :)

    Beijos,
    Ká Andrade
    http://teens-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. AAAAAAAAAIN! Esse livro é meu fofildo, amo, amo e amo. Mas assim como você não gostei do final dado ao primo da Alexia, e também acho que o final poderia ter umas páginas a mais.

    Beijocas,

    Lendo & Esmaltando

    ResponderExcluir

Participe do blog... Deixe seu comentário!!!
Sua opiniões, idéias, sugestões... são muito importantes para mim.
Um xero!
P.S: Comentários anônimos não serão aceitos!!!

 
Mundo de Papel © Tema base por So Kawaii. Tecnologia do Blogger.