Esc@ndalo - Therese Fowler

Título Original: Exposure
Data de Publicação: 2013
Número de Páginas: 384
Editora: Novo Conceito   

Classificação:  
Livro cedido em parceria com a Novo Conceito


Amelia Wilkes tem um pai rigoroso que não permite que ela namore, mas isso não a impede de viver um romance secreto com o cativante Anthony Winter. Desesperadamente apaixonados, os dois sonham uma vida juntos e planejam contar tudo sobre seu amor aos pais de Amelia... Mas só depois que ela completar dezoito anos — e for legalmente reconhecida como adulta. No entanto, a paixão do casal é exposta mais cedo do que o previsto... Eles são jovens, andam grudados aos seus celulares e postam todo tipo de informação — inclusive aquelas informações mais particulares, que só deveriam dizer respeito a eles mesmos — até que o pai de Amelia encontra fotos de Anthony, nu, no computador de sua filha. Poucas horas depois, Anthony é preso. Apesar dos protestos de Amelia, seu pai usa de todo o poder e influência entre os policiais, e entre os meios de comunicação, para transformar Anthony em um pervertido que caçava sua inocente filha. De mãos atadas, cabe aos dois apaixonados arriscar uma última saída, ousada e perigosa, e apagar a acusação de sexting  que Anthony recebeu.

Retomar uma leitura abandonada requer muita força de vontade. Se o livro foi deixado de lado é porque estava ruim o suficiente para que você não conseguisse seguir em frente. Comecei a ler Esc@ndalo ano passado e as minhas expectativas estavam bem altas. O tema interessante fez com que eu largasse minha leitura do momento e começasse a ler ele. Logo nas primeiras páginas senti que não seria nada do que eu estava esperando e acabei abandonando a leitura. Não fiz metas para 2014, mas comecei o ano decidida a terminar Esc@ndalo não importando o tempo que demorasse.

Como falei no início o tema é bem interessante, controverso e envolto em polêmicas. A autora escreveu o livro depois que o seu filho teve problemas com a justiça e foi acusado de sexting. O sexting é a divulgação de conteúdos eróticos e sensuais por email, mensagens de celular, etc. Nos EUA o sexting é crime, no Brasil se tornou uma epidemia totalmente fora de controle.

Narrado em terceira pessoa, a partir de diferentes perspectivas, o leitor tem uma visão sobre as emoções e os pensamentos de Amelia, Anthony, Kim (mãe de Anthony) e Harlan Wilkes (pai de Amelia). Houve momentos em que a trama se tornou tão morna, que eu me senti como num limbo, à espera do que a polícia iria fazer, na expectativa do que viria em seguida. Em momentos como esse, quando a história se tornou arrastada demais, eu não tive pudor de pular vários parágrafos até chegar em algum que me trouxesse um pouco de ação e emoção.

O livro é divido em três atos. Os dois primeiros são bastante arrastados, cheios de detalhes e longos trechos desnecessários. Voltamos um pouco no tempo para conhecer a história de Kim Winter e o passado difícil de Harlan Wilkes. Acredito que a intenção da autora tenha sido mostrar o quão difícil havia sido a vida do Sr. Wilkes, uma tentativa de atenuar suas atitudes cegas e descabidas. O terceiro ato é o mais dinâmico e fluído, foi só a partir dele que eu senti realmente algum interesse pela história.

O casal apaixonado, considerado Romeu e Julieta dos tempos modernos, não conseguiu conquistar minha simpatia e passou muito longe do famoso casal criado por Shakespeare. Na verdade o problema não foi o casal, mas Amelia Wilkes. Ela é a songa mais monga de todos os tempos. Enquanto seu pai virava o mundo do pobre Anthony de cabeça para baixo, ela apenas fazia birra se trancando no quarto e chorando. No início quando as fotos foram descobertas ela vacilou antes de contar toda a verdade o que só piorou a situação e deixou o pirado do pai dela criar as teorias mais absurdas, em todas Anthony era o único culpado.

Anthony era a alma da relação. O seu amor por Amelia era algo certo. Ele enfrentou a polícia, a família e colocou tudo em risco por amor. Senti pena, mas admirei sua coragem e sua atitude no final, ele fez de tudo para tirar qualquer responsabilidade sobre o que aconteceu dos ombros de sua amada.

Quando tudo estava indo bem e a história enfim tinha ganhado um pouco mais de emoção e dinâmica, o livro chega ao final e as duas últimas páginas foram um banho de água fria. As coisas até poderiam ter terminado daquele jeito, mas detesto quando sinto que a autora deu bastante atenção ao desenvolvimento e no final encerrou de qualquer jeito, com pressa. Gosto de finais bem desenvolvidos, redondinhos e com todas as pontas amarradas.

Esc@ndalo é um conto moderno de amor, família, certo, errado e as consequências de seguir o coração. Um livro que discute um problema real entre os jovens e mostra que vidas podem ser mudadas para sempre. Uma história dramática e marcante que tinha todos os elementos para me conquistar, mas que acabou não atingindo as altas expectativas que eu tinha para ele.

14 comentários:

  1. Ufa, ainda bem que eu não pedi esse, hehehe.
    Eu achei interessante, mas tinha que me controlar nos pedidos, então deixei esse para trás, pelo jeito não perdi muito. Pena que não tenha sido como você esperava e parabéns pelo esforço de terminá-lo. ;)
    Beijocas

    ResponderExcluir
  2. Um clichê que se repete, mas que todos adoram. Ótima resenha.

    meupedepagina.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oie =)
    primeira vez que vejo e leio sobre o livro.
    por sua resenha não me parece um livro que irei gostar de ler, bem se o ganhar leio, mas não vou comprar.
    Beliscões carinhosos da Máh ♥
    Cantinho da Máh

    ResponderExcluir
  4. Retomar uma leitura pode ser complicado mesmo, mas no meu caso nem tanto. Eu sou muito sistemática, simplesmente não consigo abandonar um livro. Nem que eu leia outros e depois volte, como você; mas deixar de terminar nunca! Altas expectativas podem atrapalhar mesmo, eu não tenho elas tão altas com esse livro por causa de comentários negativos que já vi, mas ainda assim planejo ler.

    Beijos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Cáh,
    Eu na verdade nem comecei a ler esse livro ainda. Li a sinopse e pensei que ainda não era hora de ler. Eu gosto de um bom romance e nesse momento tô mais focada em livros fofos e bonitinhos. kkkk
    Quando li a frase 'Romeu e Julieta modernos' eu solicitei o livro, achando que fosse algo mais como uma adaptação do clássico. Me enganei então .. kkkk
    Sua resenha vai fazer eu adiar a leitura por mais uns dias. ;)

    Beijos ;*
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Caline! O final foi bem fraco, a história dava a entender que seria algo intenso e até mesmo trágico e achei tudo simples demais. Também esperei mais, faltou algo, faltou emoção e atitude dos personagens, uma pena, o tema era muito interessante.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Não achei interessante só em ler a sinopse, e que bom que não o pedi.rs Que chato o final do livro ter dado essa impressão, de ter escrito às pressas :/ Também gosto de finais bem desenvolvidos ><

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oie,
    eu estava bem empolgada para ler este livro, mas quando realmente li não achei tudo isso. É legal, mas sei lá rsrsrsrs

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  9. Lendo a sinopse parece ser um livro bem diferente, que desperta atenção, mas lendo a resenha, tenho certeza que não seria um livro que eu compraria, odeio quando tem muitos detalhes desnecessários, e quando é dividido em partes então me incomoda demais.

    Beijão Caline
    Michelle Boyd
    The Little Things

    ResponderExcluir
  10. Oi Caline, tudo bem?
    Eu confesso que peguei um pouco de medo da Novo Conceito por conta das capas feitas ultimamente! Então faz um bom tempinho que não leio nada da editora.
    Bem, eu já li algumas resenhas sobre o livro e achei a temática dele bem diferente (pelo menos eu nunca li nada sobre o assunto). Uma pena que ele não alcançou suas expectativas, não é?

    Beijos,
    Leitora Online

    ResponderExcluir
  11. Oie Caline =)

    Realmente voltar a uma leitura que abandonamos não é uma tarefa muito fácil, mas eu acredito que é sempre bom dar uma segunda chance ao livro.

    Particularmente esse livro não me chamou muito a atenção, mas que pena que ele não alcançou todas as suas expectativas. É horrivel quando isso acontece, mas ao menos vc tentou rs...

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  12. Eu não tenho muita vontade em ler esse livro, acho que não vou gostar.

    Beijos, Paradoxo Perfeito

    ResponderExcluir
  13. Oi Caline,
    Cara, eu adoro suas resenhas! Você se expressa muito bem, parabéns!!
    Quanto ao livro, havia lido resenhas até que positivas sobre ele, mas a sua me desanimou um pouquinho.
    Acho a premissa interessante, mas quando a protagonista não ajuda, fica um pouco difícil...
    Ainda tenho vontade de ler a obra, mas vou adiar a leitura por um tempo. Espero gostar, apesar de já ter baixado minhas expectativas em relação ao livro.

    Beijos,
    Ká Andrade
    http://teens-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi, Caline!
    Poxa vida, quando li a sinopse, achei também que o livro seria muito bom, com um enredo muito interessante.
    Acho que a história poderia ser melhor se os personagens fossem mais bem desenvolvidos e mais maduros também.

    Um Beijo
    Rayssa
    http://diariosdleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Participe do blog... Deixe seu comentário!!!
Sua opiniões, idéias, sugestões... são muito importantes para mim.
Um xero!
P.S: Comentários anônimos não serão aceitos!!!

 
Mundo de Papel © Tema base por So Kawaii. Tecnologia do Blogger.