O Presente - Cecelia Ahern

Título Original: The Gift
Data de Publicação: 2013
Número de Páginas: 320
Editora: Novo Conceito  
Classificação: 
Livro cedido em parceria com a Novo Conceito
Todos os dias, Lou Suffern luta contra o tempo. Ele tem sempre dois lugares para ir, tem sempre duas coisas a fazer. Quando dorme, sonha com os planos do dia seguinte, e, quando está em casa, com a esposa e os filhos, sua mente está, invariavelmente, em outro lugar. Numa manhã de inverno, Lou encontra Gabe, um morador de rua, sentado no chão, sob o frio e a neve, do lado de fora do imenso edifício onde Suffern trabalha. Os dois começam a conversar, e Lou fica muito intrigado com as informações que recebe de Gabe; informações de alguém que tem observado uniões improváveis entre os colegas de trabalho de Lou, como os encontros da moça de sapatos Loubotin com o rapaz de sapatos pretos... Ansioso por saber de tudo e por manter o controle sobre tudo, Lou entende que seria bom ter Gabe por perto — para ajudá-lo a desmascarar associações que se formam fora de suas vistas — e lhe oferece um emprego. Mas logo o executivo arrepende-se de ajudar Gabe: sua presença o perturba. O ex-mendigo parece estar em dois lugares ao mesmo tempo, e, além disso, Gabe lhe fala umas coisas muito incomuns, como se soubesse do que não deveria saber... Quando começa a entender quem é realmente Gabe, e o que ele faz em sua vida, o executivo percebe que passará pela mais dura das provações. Esta história é sobre uma pessoa que descobre quem é. Sobre uma pessoa cujo interior é revelado a todos que a estimam. E todos são revelados a ela. No momento certo.
“Todos os dias quando acordo,
Não tenho mais o tempo que passou
Mas tenho muito tempo
Temos todo o tempo do mundo”
(Legião Urbana)

Nessa estrofe de uma das músicas mais conhecidas e adoradas de Renato Russo, vemos que cada dia vivido, é um dia a menos de nossas vidas. Mas Renato não enxergava isso como um problema afinal ele cantava que “temos todo tempo do mundo”. Será mesmo? Adoro a música e já cantei essa estrofe bem alto várias vezes, mas tenho que discordar dela. Não sabemos quanto tempo ainda temos, por isso cada minuto do nosso dia é tão valioso e deve ser aproveitado da melhor forma possível.

O tempo é mais precioso do que o ouro, mais precioso do que diamantes, mais precioso do que o petróleo ou quaisquer tesouros.
P. 317

O Presente traz essa reflexão como eixo do seu enredo. Cecelia discute um dos grandes desafios do século 21, o tempo, e como lidar com ele. A mensagem é clara, o tempo é um presente precioso e deve ser tratado como tal. O trabalho ocupa cada vez mais horas do nosso dia, mas jamais podemos esquecer que a família deve sempre vir antes da carreira. Não dá para estar em dois lugares ao mesmo tempo, por isso temos que tentar conciliar as coisas da melhor forma e dá maior valor ao que realmente importa, as pessoas que amamos.

O romance apresenta uma história dentro de outra história. A narração é feita por um policial veterano, em uma delegacia, a um garoto que jogou um peru congelado pela janela da casa da nova família de seu pai. Não consegui entender o motivo de a autora ter feito essa escolha, poderia ter sido apenas a história de Lou e Gabe, faria muito mais sentido. Não consegui conectar a participação do garoto ou do policial à história, provavelmente foi uma forma que a autora encontrou para reforçar a importância da família, mas não era necessário.

Uma coisa que me chamou bastante atenção é que o protagonista da história é um homem, na verdade são dois protagonistas homens: Lou e Gabe. Até onde me recordo nunca havia lido nenhum livro que trouxesse um personagem masculino como protagonista e foi uma experiência bem interessante. Lou e Gabe são opostos. Lou é um importante executivo que nunca tem tempo para nada, a não ser o trabalho. Tem tudo que sempre desejou e que o dinheiro podia comprar, até o dia em que Gabe, uma sem-teto, aparece em sua vida e lhe dá o maior presente de todos, uma dádiva, uma nova chance.

Muitas questões foram se formando em minha cabeça no decorrer da leitura, tinha esperança de que no final tudo seria explicado, mas a autora não nos deu esse direito. Senti-me frustrada e enganada por o livro ter terminado sem as respostas que eu tanto precisava. Mas nada, nem mesmo essas pequenas frustrações, conseguiram diminuir a beleza e a magia dessa linda e encantadora história.

O livro é cheio de reviravoltas inesperadas. O estilo da leitura muda de engraçado a sarcástico, com situações que fazem o leitor rir, se emocionar e refletir a sua vida. A vida de Lou poderia ser a minha ou a sua vida.

O final foi exatamente como eu esperava e acredito que não poderia ter sido diferente. Minha única crítica a ele, foi como a autora o desenvolveu. Um final como aquele deveria ter sido mais detalhado, mais emocional; tocante e marcante como toda a história foi.

O Presente é um livro único, que nos faz pensar sobre nossas vidas e quem somos. Depois de ler esse livro, percebemos a importância do tempo e como ele deve ser aproveitado da melhor forma possível. "O tempo não pode ser dado. Mas pode ser compartilhado". Aproveite cada minuto do seu tempo e divida-o com com aqueles a quem você ama e que te amam também.

11 comentários:

  1. Oie Caline
    que resenha mais linda!!
    Eu amo essa música do Legião, mas também discordo do último verso. Ultimamente tenho sentido o tempo escorrer por entre as minhas mãos. Não sei se é porque meus filhos estão crescendo tão rápido, ou porque sinto que estou finalmente envelhecendo, mas tenho procurado aproveitar mais o tempo.
    Nunca li nenhum livro da autora, e este com certeza será meu primeiro.
    Bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  2. Oooi,
    eu quero muito ler esse livro, além de a capa ser linda a história parece ser muito boa! Parabéns pela resenha, adorei o blog e já estou seguindo

    depoisdeumlivro.blogspot.com
    A visita de vocês ajuda muuuito! Se gostarem, sigam por favor (:

    beeeijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Cáh! *-*'
    uuuh que bom que está lendo Dente por Dente <3 você vai AMAR o final! *-*'

    E parabém pela resenha de O Presente! Na minha opinião foi o melhor livro do ano lançado pela NC, eu adoro tudo o que a Cecelia escreve. Essas coisas fantásticas e surreais misturadas com realidade! :) Chorei litros nesse livro, claro! kkk
    Teus quotes favoritos foram os mesmos que os meus <3 até escrevi eles num poster na minha parede.. rs <3

    Beijos ;*
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Caline, tudo bem? Primeira coisa, acho a capa desse livro muito bonita! A neve dá um charme incrível. Adoro os livros da Cecelia Ahern (:
    A sua resenha ficou perfeita! O livro realmente deve ser muito bom, gostei de saber que ele nos faz refletir sobre o tempo e de como nós o aproveitamos. Deve ser um livro único!
    Dica anotada!

    Beijos,
    Leitora Online

    ResponderExcluir
  5. Olá =3.
    Nunca li nenhum livro dessa autora, de uns tempos para cá tenho perdido o interesse. Entretanto aprecio o fato dela sempre passar mensagens em seus livros, nese não foi diferente. Acho isso realmente admirável, é claro que ter reviravoltas também ajuda muito na vontade de ler, rsrsrs. Mesmo assim sinto que esfriei com essa autora, não tenho mais interesse em suas obras.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Eu gosto de leituras assim, com várias facetas. Que me fazem rir, emocionar, sentir raiva... E a Cecelia é mestre nisso. Estou doida pra ler esse novo livro dela, embora tenha odiado essa capa '-'

    Beijos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Linda resenha, porém não me interessei pelo livro, quem vai ler e com certeza ira gostar é a colunista do blog :D
    Beijokas, Brubs
    Livros de Cabeceira
    @IWannaRuffles

    ResponderExcluir
  8. Oi Caline! A resenha está linda, e pelo que percebi tem uma bela mensagem no livro. Da autora eu li O livro do amanhã, e mesmo não tendo curtido o final, a história foi muito bonita e cheia de ensinamentos. Pelo visto esta autora gosta de dar umas sacudidas no leitor e despertar -nos para a vida. Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  9. Oi Caline :)
    Gosto bastante da escrita da Cecelia e acho este livro bem legal. Sua resenha está fantástica e só me deixou com mais vontade de ler o livro!
    Parece ser muito bom e acho que a autora sempre traz um pouquinho que seja de reflexão para suas obras, o que me faz gostar ainda mais dela.
    Espero poder ler O presente em breve!

    Beijos,
    Ká Andrade
    http://teens-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Hey
    Adorei o contraste da música escolhida com a resenha!
    Eu ainda não peguei nada da Cecelia para ler, mas adoro as resenhas que leio
    E sempre comentam que tem uma boa mensagem
    Ainda mais o diferencial da narrativa masculina, já é uma boa para dar uma chance!

    Mas gente por que esse menino jogou o peru assim pela janela? HAHAHAHA

    Ótima resenha.

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  11. Bom, agora você já sabe que eu não gostei e juro que até me surpreendi, viu? Achei que ia adorar!

    No mais, vou me limitar a dizer que achei o livro uma mistura de "um homem de família" e "antes que termine o dia". Acho que por isso, fiquei tão descontente com tudo! Me parece uma história muito lugar comum... Enfim. rs

    Plmdds, também precisava de várias respostas! hahaha

    Beijo ;*

    ResponderExcluir

Participe do blog... Deixe seu comentário!!!
Sua opiniões, idéias, sugestões... são muito importantes para mim.
Um xero!
P.S: Comentários anônimos não serão aceitos!!!

 
Mundo de Papel © Tema base por So Kawaii. Tecnologia do Blogger.