Os Adoráveis - Sarra Manning

Título Original: Adorkable
Data de Publicação: 2013
Número de Páginas: 384
Editora: Novo Conceito
Classificação:
Livro cedido em parceria com a Novo Conceito
Jeane é blogueira. Seu blog, o Adorkable, é um blog de estilo de vida — na verdade, o estilo de vida dela — e já ganhou até prêmios na categoria “Melhor Blog sobre Estilo de Vida” pelo e Guardian e um Bloggie Award. Adora balas Haribo, moda (a que ela cria, comprando em brechós) e colorir (ou descolorir totalmente) os cabelos. Cheia de personalidade e meio volúvel, ainda assim Jeane é bacana — mesmo nos momentos em que se transforma numa insuportável. Mas, certamente, ela não olharia duas vezes para Michael. Porque Michael é o oposto de Jeane. Ele é o tipo de cara que namoraria a garota mais bonita da escola. E compra suas roupas na Hollister, na Jack Wills e na Abercrombie. Além disso, diferente de Jeane, que é autossuficiente, Michael é completamente dependente do pai, o Clínico Geral que condena açúcar, e ainda permite que sua mãe compre suas roupas! (Embora, para Jeane, o pior mesmo sobre Michael é que ele baixa música da internet e nunca paga por isso). Jeane e Michael têm pouco em comum, além de algumas aulas e uma maçante dupla de “ex” — Scarlett e Barney. Mas, apesar disso, eles não conseguem se desgrudar desde que ficaram pela primeira vez.

Quando comecei a ler Os Adoráveis, esperava encontrar algo do tipo Lola e o Garoto da Casa ao Lado. Jeane e Lola tinham aquela personalidade diferente, de garotas descoladas, que não se importavam com o que as outras pessoas pensavam delas e a maior semelhança: a forma excêntrica de se vestir. Mas o que elas tinham em comum parou por ai. Jeane era uma dork, ou em uma explicação mais simples, alguém diferente em todos os sentidos dos adolescentes da sua época. Ela se vestia diferente, pensava diferente, gostava de coisas diferentes, mas até ai tudo bem, ninguém tem a obrigação de ter o mesmo gosto das massas. O problema era sua personalidade difícil, prepotente, arrogante e egoísta, ela acreditava que qualquer pessoa que pensasse diferente dela era um grande idiota., inclusive Michael o gatinho da escola.

Michael era tão oposto de Jeane que nem mesmo eles conseguiam entender de onde vinha toda aquela atração. Li algumas resenhas comentando o quanto ele tinha uma personalidade instável e agia de modo diferente a todo momento. Mas a meu ver ele só estava reagindo ao que a Jeane fazia. Eles não conseguiam ter uma conversa normal sem ser seguida por uma discussão, geralmente desnecessária. Jeane discutia por absolutamente tudo e suas vontades e opiniões sempre tinham que prevalecer. Michael tentou e algumas vezes até conseguiu, ser ouvido e compreendido, mas sempre por pouco tempo.

O livro tem os capítulos narrados alternadamente por Jeane e Michael e assim nós conhecemos um pouco de suas vidas. Michael era todo certinho e tinha aquela família perfeita. Pais presentes e que se importavam com tudo que ele fazia, até demais. Já Jeane morava sozinha, era totalmente independente e tinha pais que simplesmente não se importavam com nada do que acontecia em sua vida. A autora até usou esse ponto para justificar algumas atitudes da personalidade da personagem.

O título Os Adoráveis me fez imaginar uma história fofa, bonitinha e doce, mas nada do que eu encontrei no livro conseguiu passar essa ideia, principalmente o casal que era o foco. O relacionamento entre os dois era tão confuso e conturbado, que eu não conseguia entender porque eles insistiam em ficar juntos. Em física os opostos se atraem, aqui eles se repeliram, se repeliram mais uma vez, se repeliram mais um pouco e depois cederam um tiquinho a atração.

Meu grande problema com o livro certamente foi a Jeane - como vocês já devem ter percebido uma vez que eu já reclamei de sua personalidade inúmeras vezes. Ela condenava as pessoas por serem tão iguais, se vestirem sempre de acordo com a moda e ouvirem as músicas que estavam nas paradas de sucesso. Mas uma vez que você pensa diferente e quer que todo mundo pense como você, logo todo mundo pensará e será igual mesmo sendo diferente, mas ela não conseguia enxergar isso.

Uma outra coisa que me incomodou foi a tradução do titulo Adorkable. Tinha tudo a ver com a história, a  dorkidade e toda a cultura dork espalhada pela Jeane. Os Adoráveis dá a falsa impressão de uma história bonitinha e adorável como o próprio nome diz.

Uma coisa que eu não posso deixar de comentar é que toda aquela história da Jane ser muito requisitada por revistas conhecidas, jornais e fazer consultoria soou meio exagerada. Um twitter com milhões de seguidores, um blog e muitas empresas querendo agenciar sua marca. Era tudo muito grande e meio surreal.

O interessante é que apesar de ter me irritado com a Jeane por ser uma chata e o Michael por ser um molenga, me diverti um pouco também e foi só por isso que não consegui desgostar da história mesmo quando sentia raiva do que estava acontecendo. Irritei-me, mas Jeane tinha umas colocações interessantes e era inteligente, só não sabia se expressar sem mostrar arrogância.

Os Adoráveis é um livro diferente, com personagens peculiares. É uma história interessante por valorizar a importância de ser você mesmo e não ter vergonha de ser diferente. Decepcionou-me por que eu imaginava encontrar uma história completamente diferente, divertida e bonitinha e me deparei com um romance louco, cheio de altos e baixos e uma protagonista extremamente irritante. Minha antipatia por Jeane não estragou a leitura, mas foi por pouco

9 comentários:

  1. Oi, Caline,

    Sabe que ao ver esse livro eu senti que o título não combinava com a capa, que tinha alguma coisa errada. Agora está explicado.

    Acho que esse vai passar batido por mim.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  2. Oiee =)
    espero ter a oportunidade de ler esse livro, apesar das três estrelas, rs, bem ainda não li Lola, então quando tiver oportunidade de ler, não os terei em mente.
    Gosto de capítulos alternados, tenho certeza que terei uma leitura agradável com esse livro.
    Beliscões carinhosos da Máh-
    Cantinho da Máh
    @Maaria_Silvana

    ResponderExcluir
  3. Oii, eu estava bem animada com esse livro, pena que você não gostou tanto. Mas uma personagem com as características que você comentou tira a paciência mesmo e eu também esperava uma história adorável. Bom, lerei em breve e, como somos todos diferentes, espero gostar dele.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu não solicitei esse livro por um receio que você me confirmou na resenha. O meu receio era a personagem principal, infelizmente com tanta coisa para ler em tão pouco tempo estou me mantendo longe de livros que possam ter o que eu mais detesto: um personagem irritante.
    Gostei da sinceridade.
    Beijos,K.
    Girl Spoiled
    http://girlspoiled.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Não gostou ü.Ü ??
    Li duas resenhas ate agora, a sua - meio que negativa; e a de outro blog super positiva.
    Estou muito curiosa para ler o livro, porque eu gostei bastante da historia *-*

    Da uma passada no meu blog, estou seguindo *-*
    Gota d'explosão
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Eu não gosto quando o título ou capa me dão uma idéia diferente do que realmente é a história, então fico feliz em ler essa resenha, assim eu já não espero um grande mimimim com o casal!

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Caline, eu acabei não solicitando esse livro porque parecia muito adolescente, e os livros que tenho lido desse estilo têm me irritado um pouco - com raras exceções. Que bom que não foi uma leitura de todo inútil, alguma coisa agradou.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Hey
    Eu solicitei esse livro por causa da protagonista ter um blog HAHA
    Achei que seria meio interessante acompanhar, mas ando desanimando com algumas resenhas negativas =/
    Uma pena que a protagonista não agrada nem 90% haha

    Nada a ver eles terem traduzido o nome do livro como 'algo' elogiando.

    Adorei a resenha,

    bjs
    Obsession Valley

    ResponderExcluir
  9. Nossa, agora depois de ler sua resenha espero estar preparada para o livro, pois imaginava a mesma coisa que você (um romance fofo, história bonitinha). Estou com ele aqui em casa e acho que será uma das minhas próximas leituras. Espero gostar dele mais do que você HAHAH

    Brunna Carolinne - My Favorite Book - @MFBook
    myfavoritebook-mfb.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Participe do blog... Deixe seu comentário!!!
Sua opiniões, idéias, sugestões... são muito importantes para mim.
Um xero!
P.S: Comentários anônimos não serão aceitos!!!

 
Mundo de Papel © Tema base por So Kawaii. Tecnologia do Blogger.