De Volta Para Casa - Karen White

Título Original: Falling Home
Data de Publicação: 2013
Número de Páginas: 448
Editora: Novo Conceito
Classificação:
Livro cedido em parceria com a Novo Conceito


Cassie Madison fugiu de Walton, Geórgia, para Nova York quando soube que sua irmã, Harriet, e seu amor, Joe, tinham-na traído e iam se casar. Ao chegar em Manhattan, sua ideia era se reinventar, mergulhar de cabeça na carreira e até mesmo perder o sotaque provinciano. Tudo para apagar seu passado marcado pela traição e por uma família que não lhe tratara com o devido cuidado. Mas, numa noite, um único telefonema de sua irmã trouxe de volta tudo que ela pretendia esquecer. Com o pai muito doente, ela foi obrigada a fazer a viagem de volta e, enquanto arrumava as malas, seus maiores medos eram que o pai morresse sem que ela pudesse estar com ele e... encontrar a família feliz que Harriet e Joe tinham construído. Já em Walton, Cassie percebe que enfrentará uma imensa batalha particular, porque, afinal, ela não consegue deixar de amar seus sobrinhos — e nem deixar de se sentir em casa, naquela cidadezinha de sua infância. Enquanto se divide entre o rancor e a esperança, velhas e queridas lembranças e uma mágoa insustentável, o destino arrumaria uma forma de aproximá-la do que realmente importa: o verdadeiro amor.

Sabe aquele livro que você indicaria para todo mundo? O tipo de livro que te marca de tal forma que mesmo depois de virar a última página a história segue com você? De Volta Para Casa é exatamente esse livro. Lindo, tocante, doce, divertido, emocionante, uma história que te envolve desde o início e te prende página após página.

O que você faria se a sua irmã fugisse com o homem da sua vida? Provavelmente você nunca mais olharia na cara dela. Pelo menos era isso que eu faria e foi exatamente isso que Cassie fez ao descobri que sua irmã Harriet havia fugido com Joe, seu namorado e grande amor.

Quando comecei a ler De Volta Para Casa já estava preparada para odiar Harriet e nunca perdoá-la por ter traído a irmã. Eu senti a dor e a mágoa que existiam dentro do coração de Cassie, sentimentos alimentados pela distância e pelo tempo. Enquanto ela relembrava todo o sofrimento pelo qual passou, eu torcia para que quando se encontrassem Cassie dissesse poucas e boas a irmã e jogasse em sua cara que jamais a perdoaria. Mas a vida é uma caixinha de surpresas e esse livro também. Posso ter sentindo raiva de Harriet por tudo que ela fez, mas o sentimento não durou mais do que algumas páginas.

Karen White criou uma história real, com personagens tão humanos quanto eu ou você. Pessoas que erram, que não tomam as melhores decisões e que precisam de perdão e do direito de seguir com suas vidas. Eu senti toda a dor de Cassie, mas foi impossível não perdoar Harriet desde o primeiro momento em que elas se reencontraram. Em nenhum momento ela negou que agiu errado, mas foi sincera em dizer que pedia perdão pela forma como as coisas aconteceram e não por elas terem acontecido. O amor que nasceu entre ela e Joe era verdadeiro e difícil de encontrar.

A narrativa é simples, agradável e tem um ritmo gostoso. A autora não se atém a detalhes ou descrições desnecessárias e as mais de 400 páginas passam sem que você se sinta cansada ou entediada. Você vai rir com as crianças de Harriet e com D.Lena e seus romances eróticos, vai desconfiar das boas intenções de Ed Farrel e vai se apaixonar perdidamente por Sam Parker. Vai se sentir em casa na pequena cidade de Walton e desejar que ali também pudesse ser seu lar.

A história é narrada por Cassie, Harriet e Maddie e através desses variados pontos de vista podemos sentir as angústias, as dúvidas e os medos de cada uma delas e perceber que não é apenas Cassie que sofre com o seu passado e se preocupa com o seu futuro.

O romance fica por conta de Sam e Cassie. O relacionamento entre os dois é cheio de discussões engraçadas e momentos cheios de paixão. Ela não quer admitir que está apaixonada e que tudo que deixou para trás está lhe chamando de volta. Mas Sam é paciente, carinhoso, gentil e se Cassie era teimosa e cabeça-dura para admitir seus sentimentos, ele foi firme em fazê-la enxergar o que todo mundo da cidade já sabia.

O final me pegou de surpresa e arrasou comigo. Jamais imaginei o que estava pra acontecer e até agora não me conformo. Mas é preciso entender e enxergar que essa é uma história muito real, onde nem tudo é perfeito, onde algumas pessoas serão felizes e outras irão se machucar. Eu sei disso, mas ainda estou tentando digerir e aceitar.

De Volta Para Casa é um livro completo, daqueles onde você chega ao final e se sente satisfeita. Uma história fascinante, escrita de forma singela e singular que mostra a importância da família e do perdão. Depois de virar a última página tive a certeza de que essa história, que me ensinou tanta coisa e que deixou saudades, me seguiria durante muito tempo.

12 comentários:

  1. Caline, uau. Adorei sua resenha e nem pensava em ler o livro por agora, mas não tenho como resistir depois de ler o que você escreveu. Não vou segurar minha curiosidade por muito tempo, pretendo ler logo para sentir o que você sentiu, ou próximo disso.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bom?
    Passando para deixar um comentário rsrs
    Amei a resenha ,
    O livro deve ser muito bom mesmo !
    Beijos*-*
    Território das garotas
    http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Caline, adorei sua resenha, sempre tão sincera e real. Achei o tema bem interessante, eu acho que nem nessas circunstancias eu conseguiria perdoar, não sei, é tão complicado. Mas não seria um livro que me chamaria a atenção, mas depois da sua resenha estou curiosa.

    Michelle Boyd
    The Little Things

    ResponderExcluir
  4. Nossa pela sua resenha o livro aparenta ser magnifico, mas eu teria que lê-lo ainda para ver o que realmente acho dele. Mas acho que iria gostar, e bastante, histórias que parecem realidade me atraem bastante.
    Beijos
    neversaynever-believe.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Esse livro já havia chamado a minha atenção durante o seu lançamento, já que gosto de tramas sobre famílias e suas estórias, e agora depois de ler sua resenha a minha curiosidade só aumentou.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu estou aqui saltitando com a sua opinião, Caline! Apanhei o livro para ler ontem e, preciso dizer, estou gostando tanto que li metade dele em um dia! Bom saber que o final não decepciona! E super concordo com você: também pensei que teria muita raiva da Harriet, mas isso não dura muito!

    O livro está sendo incrível até agora! Com certeza, irei amar também!

    Beijos,
    Inara
    www.lerdormircomer.com.br

    ResponderExcluir
  7. Tô com medo do final! Costumo ser bem exigente em relação a eles e seu comentário a respeito me deixou com medo. Apesar disso, fiquei com muita vontade de lê-lo, provavelmente será uma das minhas próximas leituras (:

    Brunna Carolinne - My Favorite Book - @MFBook
    myfavoritebook-mfb.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia esse livro mas gostei da história. Parece ser bem forte e cheio de sentimentos... PENA que não posso mais comprar livros #mimimi. E nossa, que irmã malvada :(

    Beijos
    www.procurei-em-sonhos.com

    ResponderExcluir
  9. Que resenha <3
    Quero muito ler esse livro, já me apaixonei só pela capa. Espero poder comprar logo :)

    http://nerdicesdeumagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Muito boa sua resenha, não conhecia esse livro.
    Parece ser bom pela forma que o descreve...

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi Caline!

    Eu não estava muito empolgada para ler esse livro... E agora que li a sua resenha só tenho algo a dizer: uau!!!
    Nossa, parece ser bom demais! Acho que também vou gostar bastante!
    O chato é que ainda vou ter que esperar mais alguns dias para colocar as minhas mãos nele. :( Uso o endereço da minha mãe para receber os meus livros e ela mora em outra cidade. Então ainda não consegui pegar a minha caixa da Novo Conceito... :/
    Mas, assim que pegá-la, "De volta para casa" será a primeira leitura certooo! \o/

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  12. Boa noite Caline! Sua resenha descreveu o livro exatamente da forma como eu o senti. A sinopse não consegue transmitir o quão bom ele realmente é, mas a leitura nos surpreende mesmo... Tanto que ainda não consegui sair de Walton, aquela cidadezinha hospitaleira onde tudo aconteceu, é tão real em mim. Sem esquecer que eu me encontro perdidamente apaixonada e querendo encontrar um Sam Parker (rs). Esse livro nos transmite muitas mensagens de valores, das quais nos faz refletir também sobre aquela incrível habilidade que temos de sofrer por algo que nem deveria ser pra gente, enquanto ignoramos completamente a felicidade, que muitas vezes, esteve o tempo todo ao nosso lado. Enfim, fiquei com gostinho de quero mais, espero ver o filme logo.

    Beijinhos, amei seu blog!

    ResponderExcluir

Participe do blog... Deixe seu comentário!!!
Sua opiniões, idéias, sugestões... são muito importantes para mim.
Um xero!
P.S: Comentários anônimos não serão aceitos!!!

 
Mundo de Papel © Tema base por So Kawaii. Tecnologia do Blogger.