Preces e Mentiras - Sherri Wood Emmons

Título Original: Prayers and Lies
Data de Publicação: 2012
Número de Páginas: 360
Editora: Novo Conceito
Classificação:
Livro cedido em parceria com a Novo Conceito

Quando Bethany, de 7 anos, conhece sua prima de 6 anos, Reana Mae, é o começo de uma relação desajeitada que salva ambas de uma solidão profunda. Todo verão, Bethany e sua família vão de Indianapolis para West Virginia’s Coal River Valley. Para a mãe de Bethany, essas viagens até lá a lembram de sua infância pobre e composta por minas de carvão, um lugar do qual ela desejou escapar. Mas seus amados familiares e a amizade de Bethany e Reana Mae continuavam trazendo lembranças. Mas conforme Bethany cresce, ela percebe que a vida nessa comunidade pequena e unida não é tão simples quanto pensava... que as cabanas na beira do rio, que guardam muito da história de sua família, também geram fofocas escandalosas... e aqueles mais próximos a ela guardam segredos inimagináveis. No meio das florestas densas e da beleza silenciosa do vale, esses segredos estão finalmente sendo revelados, com uma força suficientemente devastadora para acabar com vidas, fé, e a conexão que Bethany pensou que duraria para sempre.

Existem histórias que são escritas para nos entreter, nos distrair e que são facilmente esquecidas. Mas existem algumas histórias que ficarão com você por um longo tempo, Preces e Mentiras de Sherry é uma dessas histórias.

Raiva, indignação, medo, frustração, surpresa, a cada página novos sentimentos iam surgindo e se misturando me deixando cada vez mais presa a essa história de uma realidade tão intensa que chega a ser pertubadora, há muito tempo um livro não mexia tanto comigo.

Realidade, se eu pudesse descrever esse livro em apenas uma palavra seria essa. Os personagens e suas histórias, cada situação vivida, cada palavra dita, cada atitude tomada, tudo é tão real que durante todo o livro senti como se estivesse escutando Bethany me contar pessoalmente a história de sua vida. Uma história forte, marcada por segredos sórdidos e uma trama de mentiras que tem um desfecho triste, trágico e marcante.

Bethany é uma garota doce, sensível e paciente que a duras penas aprende que não importa o quanto você seja bom, existem algumas pessoas que carregam dentro de si sentimentos ruins, que sentem prazer em magoar e machucar outras pessoas e o pior é quando isso acontece dentro da sua prórpia casa. Ela é a narradora da história e através do seu inocente olhar acompanhamos segredos e mentiras serem desvendados e vidas serem completamente modificadas.

Reana Mae, prima de Bethany, é a protagonista, a garota que faz toda história acontecer. Todos os fatos, mesmo que indiretamente, estão ligados a ela. Uma garota que teve uma infância difícil, com um pai ausente e uma mãe instável e que encontrou o amor ao lado da pessoa errada. Durante todo o livro tentei não julgar Reana e apenas entender que ela foi produto do meio onde cresceu. Não teve o amor da mãe ou do pai, não teve quem lhe orientasse sobre o certo ou o errado (por mais que a mãe de Bethanny tenha tentando por muitas e muitas vezes). Mas na maioria do tempo só consegui sentir raiva de suas atitudes impensadas, de sua maturidade forçada e de sua rebeldia desmedida. Sua inocência foi arracanda cedo demais e ela não conseguiu enxergar o quão errada era a situação que está vivendo.

Em muitos momentos desejei que Reana Mae pudesse narrar sua própria história, gostaria de saber o que se passava em sua cabeça e quais eram seus reais sentimentos com relação a tudo que estava acontecendo. Mas provavelmente a história não teria tanto impacto e não seria tão intensa quanto foi. Os momentos em que as duas garotas ficaram distantes e a ausência de notícia sobre Reana, aumentou a minha curiosidade para saber o que tinha acontecido com ela, apenas quando Bethanny  voltava ao pequeno vilarejo ficavamos sabendo o que realmente tinha acontecido.

O livro é cheio de tramas paralelas que se entrelaçam  e cheio de personagens marcantes, que despertaram em mim sentimentos contraditórios. Julguei e condenei vários personagens, não entendi suas atitudes, suas personalidades difíceis, suas atitudes egoístas. Mas foi impossível não perdoar alguns, é fácil julgar quando não se conhece o que há por trás e o que havia era algo realmente complicado. 

O final é chocante mas não acredito que poderia ser diferente. A autora nos deixa com um epílogo, que poderia ter sido mais, mas que acabou sendo bem mais ou menos comparado a essa história tão incrível.

Preces e Mentiras é uma trama emocionante, carregada de dramas familiares, surpresas e situações polêmicas que despertarão um sentimento de indignação quase incontrolável. É um livro complexo e ao mesmo tempo simples que me tocou profundamente por conseguir retratar situações reais, nada difíceis de serem encontradas.

P.S.: Esse livro foi lançado anos passado pela Novo Conceito e apesar de não ter ganhado destaque entre os lançamentos da editora e não ter despertado o interesse dos leitores, eu o considero um dos melhores livros lançados pela editora e um dos melhores livros que eu li esse ano (comecei bem).

6 comentários:

  1. Livros com um quê de suspense geralmente não me conquistam, mas tem algo nesse que me intrigou!
    Realmente, tem vários livros que não são o destaque da editora e às vezes superam os que são mais "divulgados" quanto à qualidade...
    Beijo,
    Nic

    ResponderExcluir
  2. Oie Caline
    esse livro eu tenho trauma, pq solcitei e a editora não me enviou...argh
    daí, quando leio uma resenha que me faz querer lê-lo, fico pra baixo rs
    Adoro livros de suspense, e com dramas familiares. Vou precisar comprar para ler.
    bjos

    ResponderExcluir
  3. Oii!!
    Nossa depois da introdução da sua resenha, vou começar a ver esse livro de forma diferente agora, tenho ele aqui, mas nunca senti muito interesse em lê-lo! Final chocante... quero ler! :D
    Beijos

    ELidiane - Leitura entre amigas

    ResponderExcluir
  4. Oi, Caline! Confesso que desde o lançamento desse livro não me interessei por ele. E mesmo com sua resenha, muito bem feita por sinal, ainda não consigo achar um motivo pra lê-lo. Só o final me que deixou intrigada, gosto quando eles no chocam pois assim a gente acaba pensando um longo tempo sobre o livro depois de terminar a leitura.

    Beijos, Leitura da Vez.

    ResponderExcluir
  5. Pra falar a verdade só comprei esse livro só pela capa mais ainda não li ;/

    ResponderExcluir
  6. Uau, preciso passar ele na frente dos outros. Minha amiga o ganhou de presente e elogiou muito também. Preciso ler logo.
    Beijos

    ResponderExcluir

Participe do blog... Deixe seu comentário!!!
Sua opiniões, idéias, sugestões... são muito importantes para mim.
Um xero!
P.S: Comentários anônimos não serão aceitos!!!

 
Mundo de Papel © Tema base por So Kawaii. Tecnologia do Blogger.