Lola e o Garoto da Casa ao Lado - Stephanie Perkins

Título Original: Lola and the boy next door
Data de Publicação: 2012
Número de Páginas: 288
Editora: Novo Conceito
Classificação:
Cedido em Parceria com a Novo Conceito





A designer-revelação Lola Nolan não acredita em moda… ela acredita em trajes. Quanto mais expressiva for a roupa — mais brilhante, mais divertida, mais selvagem — melhor. Mas apesar de o estilo de Lola ser ultrajante, ela é uma filha e amiga dedicada com grandes planos para o futuro. E tudo está muito perfeito (até mesmo com seu namorado roqueiro gostoso) até os gêmeos Bell, Calliope e Cricket, voltarem ao seu bairro. Quando Cricket — um inventor habilidoso — sai da sombra de sua irmã gêmea e volta para a vida de Lola, ela finalmente precisa conciliar uma vida de sentimentos pelo garoto da porta ao lado.

Sabe aquele livro perfeitinho, com uma protagonista legal, descolada, impulsiva e corajosa? Um garoto super fofo, carinhoso, romântico, que sabe a hora certa pra falar a coisa certa? Sabe aquele livro onde tudo se encaixa, onde a história te envolve, onde você torce pelos personagens, se apaixona por eles e vira a última página com a sensação de que leu um livro incrível? Lola e o Garoto da Casa ao Lado é esse livro.

Depois de ler Anna e o Beijo Francês e me decepcionar profundamente, eu não acreditava que poderia gostar de algum outro livro escrito pela Stephanie Perkins, mas Lola e o Garoto da Casa ao Lado me surpreendeu e me deixou completamente apaixonada. Lola é um romance diferente, colorido, com um enredo divertido e adorável, um romance doce e muito fofo, cheio de personagens peculiares e incrivelmente reais.

Lola é o tipo de personagem que eu adoro, por ter uma personalidade forte e ser bem resolvida com suas escolhas. Apesar de ser bastante peculiar (estranha mesmo) no jeito de vestir, ela é uma garota decidida, que apesar de ter se envolvido com o "cara" errado conseguiu enxergar que essa não era uma boa escolha, principalmente tendo como vizinho o garoto mais educado, carinhoso e inteligente que se possa imaginar: Cricket Bell.

Cricket conquistou o meu coração. Há muito tempo eu não encontrava um personagem que me deixasse tão apaixonada e me fizesse suspirar. Ele é um garoto (apenas 17 anos), mas é tão maduro e centrado que é impossível não se encantar, além disso sua personalidade autruísta, deixando que sua irmã gêmea sempre tivesse prioridade sobre qualquer decisão, me conquistou ainda mais. É fácil entender porque Lola é apaixonada por ele desde sempre. Carinhoso, gentil, romântico, paciente e extremamente inteligente, Cricket é o garoto que todas as meninas sonham.

- Sei que você não é perfeita, mas são as imperfeições de uma pessoa que a tornam perfeita para alguém.
P. 277 

A família tem um papel fundamental na história. Os pais de Lola são gays (esqueça os estereótipos) e a Stephanie Perkins trata o tema da paternidade do mesmo sexo, com sensibilidade e de forma bastante realista. Eles são extremamente superprotetores e rígidos, exigem obediência e respeito e regulam a vida amorosa da filha, mas são pais incríveis e muito amorosos que tentam agir sempre da forma correta para que Lola seja educada da melhor forma.

Lembram da Anna e do St. Clair? Eles aparecem no livro e não apenas para uma participação rápida e sim como personagens secundários. É interessante acompanhar a vida de personagens que já conhecemos, saber como as coisas estão e tudo mais - apesar de não ter gostado de Anna e o Beijo Francês e nem me lembrar direito da história.

Lola e o Garoto da Casa ao Lado tem o ritmo perfeito, com um toque divertido e doce. É o tipo de livro que vai te deixar com um sorriso bobo no rosto depois de virar a última página.

— Então, você acredita em segunda chance? — Mordo o lábio.
— Segunda, terceira, quarta. O que for preciso. Por mais tempo que leve. Se for a pessoa certa — ele acrescenta.
— Se essa pessoa for... a Lola?
Dessa vez, ele retém meu olhar.
— Só se a outra pessoa for o Cricket."
P.231

10 comentários:

  1. Eu também adorei esse livro, apesar de ter lido a algum tempo atrás...
    Amei a Lola, mas ainda sou fã de carteirinha de Anna... ahahah
    Estou super ansiosa pelo próximo livro isla and the happily ever after, um pena que eles mudaram a capa e devo dizer que detestei

    Adorei o seu blog!
    Estou te seguindo.

    Beijos,
    Carol e seus livros.

    ResponderExcluir
  2. Oi Caline! Esse livro faz parte da lista, livros fofos que eu PRECISO ler, mas nunca me sobra tempo, mas enfim, tenho um carinho por Lola sem antes conhece-la, essa coisa de simpatia mesmo, mas lendo sua resenha já sei que quero ler primeiro Anna e o beijo frances, pra me familiarizar com os personagens secundários, UHAUHAHUA
    Beijão
    Michelle Boyd
    The Little Things

    ResponderExcluir
  3. Oi, Caline! Já li Anna e Lola, e simplesmente AMEI os dois. Acho a escrita da autora muito boa, bem leve e divertida. Lembro que li esse livro bem rápido e no final ele ainda conseguiu me arrancar algumas lagrimas, me deixando com cara de boba feliz, rs.

    Beijos, Leitura da Vez.

    ResponderExcluir
  4. Ei Caline, eu gostei bastante de Anna, li há poucos dias e terminei com um sorrisinho bobo no rosto, apesar de todos os pontos fracos da história. E tenho a impressão de que vou gostar ainda mais de Lola (preciso desse livro urgente!), ainda mais por ser tão colorido e com personagens mais maduros (pela impressão que me passou).

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Amei esse livro, muito fofo. Cricket é muito amor, a Lola é muito legal... amei esse livro. Não consegui ler nada depois dele. hahahahaha .-.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  6. Oi Caline,
    Como eu gostei da escrita da autora ao ler “Anna e o Beijo Francês” eu acredito que irei gostar de “Lola e o garoto da casa ao lado”, pelo menos eu espero.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Caline!

    Eu cheguei à conclusão de que os livros dessa autora não são para mim. Pois, não gostei muito de nenhum dos dois.
    Achei muito bobinho... Ficou faltando mais profundidade.
    Mas, como o livro é voltado ao público adolescente, acredito que cumpriu a missão... :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oii!!
    Quero muito ler esse livro, pois li Anna e o beijo francês e gostei muito! <3
    Curiosa para conhecer esses personagens apaixonantes! *-*
    Beeijos

    Elidiane - Leitura entre amigas

    ResponderExcluir
  9. Esse livro é a coisa mais fofa! Uma ótima leitura.
    Beijo,
    Nic

    ResponderExcluir
  10. Ei Caline!

    Também terminei a leitura com um sorriso no rosto.
    Delicinha de livro.
    Doida para ler o último da 'série'.

    BJins

    ResponderExcluir

Participe do blog... Deixe seu comentário!!!
Sua opiniões, idéias, sugestões... são muito importantes para mim.
Um xero!
P.S: Comentários anônimos não serão aceitos!!!

 
Mundo de Papel © Tema base por So Kawaii. Tecnologia do Blogger.