O Diário de Suzana para Nicolas - James Patterson

Título Original: Suzanne’s Diary for Nicholas
Data de Publicação: 2011
Número de Páginas: 223
Editora: Arqueiro
Classificação:

Depois de quase um ano juntos, o poeta Matt Harrison acaba de romper com Katie Wilkinson. A jovem editora, que não tinha qualquer dúvida quanto ao amor que os unia, não consegue entender como um relacionamento tão perfeito pôde acabar tão de repente. Mas tudo está prestes a ser explicado. No dia seguinte ao rompimento, Katie encontra um pacote deixado por Matt na porta de sua casa. Dentro dele, um pequeno volume encadernado traz na capa cinco palavras, escritas com uma caligrafia que ela não reconhece: “Diário de Suzana para Nicolas”. Ao folhear aquelas páginas, Katie logo descobre que Suzana é uma jovem médica que, depois de sofrer um infarto, decidiu deixar para trás a correria de Boston e se mudar para um chalé na pacata ilha de Martha’s Vineyard. Foi lá que conheceu Matt. E lá nasceu o filho deles, Nicolas. Por que Matt teria lhe deixado aquele diário? Agora, confusa e sofrendo pelo fim do relacionamento, é nas palavras de outra mulher que Katie buscará as respostas para sua vida. O diário de Suzana para Nicolas é uma história de amor que se constrói ao virar de cada página. Cada revelação é mais uma nuance sobre seus personagens. Cada descoberta é um fio a mais a ligar vidas que o destino entrelaçou. 

Querida Katie,
Nada do que eu dissesse ou fizesse poderia chegar perto de expressar o que estou sentindo. Foi tudo culpa minha. Assumo toda a responsabilidade. Sinto muito pelo que permiti que acontecesse entre nós. Você é perfeita, maravilhosa, linda. Não foi você. Fui eu.
Talvez esse diário explique as coisas melhor do que eu jamais conseguiria. Se puder, leia-o.
É sobre minha mulher, meu filho e eu.
Preciso avisá-la, porém, de que algumas partes provavelmente serão difíceis de suportar.
Nunca planejei me apaixonar por você, mas me apaixonei.
Matt.
P.14

Nenhuma das resenhas que eu li na blogosfera me preparou para as emoções que encontraria em cada página, os sentimentos contidos em cada palavra desse livro, e nada do que eu escrever aqui será o suficiente para expressar a beleza, a delicadeza e a profundidade dessa história.

O Diário de Suzana para Nicholas é amor, é vida, é dor, é esperança, é recomeço. Desde a primeira página fui completamente arrebatada, fui envolvida por cada palavra, cada sentimento de Suzana para seu filho.

Assim como Kate eu também queria saber o que tinha acontecido. Li avidamente cada palavra escrita no livro, cada palavra do diário de Suzana, seus momentos de felicidade, suas realizações, seu recomeço, a descoberta do amor verdadeiro, o nascimento de Nicolas. Cada página é uma revelação, é uma peça para montar o quebra-cabeças para explicar o motivo de Matt romper com Katie sem lhe dar nenhuma explicação.

O diário escrito por Suzana para Nicolas é tão cheio de sentimentos que é impossível não se emocionar. Suzana narra todos os momentos de sua vida, desde quando conheceu Matt até o nascimento de Nicolas. É possível perceber em cada detalhe a intensidade do amor que ela sente por seu filho, a pureza desse sentimento.

Querido Nicky,
Espero que você consiga tudo o que quiser quando crescer, as acima de tudo, amor. Quando o amor é verdadeiro, quando é certo, pode nos dar todo o tipo de alegria que não se consegue de nenhuma outra forma. Eu me apaixonei. Estou apaixonada. Então posso falar por experiência própria. Também tive longos períodos sem amor na minha vida e a diferença é indescritível.
Nós é muito melhor do que eu.
Por favor, não dê atenção a qualquer pessoa que lhe diga o contrário. E nunca deixe de acreditar no amor, Nicky. Tudo, menos isso!
P.85

A narração é feita em primeira pessoa - por Suzana através do diário - e terceira pessoa - por Katie -, o que nos dá a oportunidade de conhecer e vivenciar os sentimentos que estão no coração de cada uma dessas mulheres. Ao ler o diário de Suzana, Katie vai descobrindo aos poucos a razão do rompimento repentino e sem explicação de Matt e vai mudando sua forma de enxergar a vida. O diário faz com que ela sinta uma forte ligação e uma grande admiração por uma mulher que ela jamais conheceu, mas que com sua palavras cheias de sentimentos mostrou ser admirável e maravilhosa.

Esta é uma história de amor, Nicolas, minha sua e do papai! Ela conta como a vida pode ser boa quando se está com a pessoa certa. Fala de como é necessário aproveitar cada instante com essa pessoa especial.
Cada milésimo de segundo.
P.189

Matt é um homem tão perfeito que muitas vezes me perguntei quais defeitos o autor estaria nos escondendo só para nos surpreender e nos decepcionar depois. A verdade é que a cada página eu esperava descobrir que ele era um grande traidor, mas cada palavra do diário de Suzana e cada pensamento de Katie só reforçava ainda mais a personalidade quase inacreditável dele. Sensível, apaixonado, dedicado a família e extremamente romântico.

O final pode ter sido o esperado para alguns leitores, mas para mim foi surpreendente, doloroso e dilacerante. Doeu profundamente e foi impossível controlar as lágrimas, fiquei com o coração despedaçado e chorei toda dor junto com Katie.

O Diário de Suzana para Nicolas nos traz um pequeno aprendizado sobre a vida. Nos mostra o quanto é importante valorizar aquilo que temos e o momento que vivemos, pois a vida pode ser injusta e pode tirar as pessoas que amamos de nós quando menos esperamos. O que nos resta é valorizar o que é realmente importante, aproveitar cada segundo, viver cada momento como se fosse o último e amar, muito.

Imagine que a vida seja uma brincadeira em que você fica fazendo malabarismo com cinco bolas. As bolas se chamam trabalho, família, saúde, amigos e integridade. Você está mantendo todas as bolas no ar e um dia finalmente se dá conta de que o trabalho é uma bola de borracha. Se você a deixar cair, ela vai pular de volta. As outras quatro bolas – família, saúde, amigos e integridade – são feitas de vidro. Se você deixar cair alguma, ela vai ficar arranhada, ou lascada ou vai se quebrar de vez.
P.23

11 comentários:

  1. Primeiramente quero dizer que gostei muito da sua resenha, de verdade.
    Não lembro se eu já tinha lido alguma resenha dele, mas eu quase comprei mês passado e agora me arrependi por não ter comprado =( heheeh
    Do jeito que eu sou chorona, aposto que vou chorar também, mesmo que eu ainda não saiba o que acontece no final! ahahahah

    ResponderExcluir
  2. Ah como eu quero ler esse livro, toda vez que leio uma resenha assim so me da mais vontade de ler, tenho que adiquiri-lo logo, mas sempre surgem livros e mais livros que acabo esquecendo de alguns, mas esse nao posso, tenho que ler. Oo

    ResponderExcluir
  3. Oi Caline!

    Que livro trágico esse né?
    Adorei a sua resenha. Deu para notar que você gostou bastante.

    É um livro que mexe muito conosco...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Eu já tinha vontade de ler o livro, mas depois dessa resenha eu acho que vou dar um tempinho para fazer isso...

    Gostou mesmo, hein!
    Adorei a resenha, me deixou muito curiosa.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  5. Ei Caline

    Até hoje só vi elogios para este livro, mas sua resenha super me convenceu a ler. Até porque não vejo muitos 5 por aqui hehehe.

    Estou lendo um do Harlan Coban, mas espero conseguir pedir este depois dele. :)

    beijos

    ResponderExcluir
  6. Tenho o livro mas ainda não li, como todo mundo diz o livro parece ser mega emocionante e você esta confirmando isso, nossa amo essa capa demais.

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Já ouvi falarem desse livro e o quanto ele emociona e mexe com seus leitores, depois de ler um livro policial do James, fiquei muito curiosa pra ler esse e ver a diversidade na narrativa do autor ><

    Beijos
    Meu outro lado

    ResponderExcluir
  8. Ei Caline!

    Então a sua resenha veio me preparar para todas as emoções que sentirei ao ler.

    Eu não estou muito para livro que me arrancará lágrimas no momento, mas assim que tiver, vou ler este e volto aqui.

    Bjins

    ResponderExcluir
  9. O último paragrafo da sua resenha me fez querer ler o livro! Espero que venha uma promoção em breve para eu poder comprar! (:

    Obrigada pela visitinha no meu blog, flor!

    http://chicklitobsession.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. preciso d eum livro que me emocione ;u; já quero ler esse

    http://himi-tsu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi, Caline!
    Olha, essa resenha bem que poderia ser minha, viu? haha Me senti exatamente como você. Apesar dos elogios, eu ainda não tinha lido nada do James Patterson e como ele escreve mais livros policiais, não achei que poderia, de fato, escrever um bom romance. Mas me enganei! O livro tem poucas páginas e eu chorei eu quase todas! >_< Muito bonito mesmo! (Só achei que ainda faltou alguma coisa, sabe? Ficaria feliz te ter podido ler um pouco mais da história. :) )

    Beijão ;*

    ResponderExcluir

Participe do blog... Deixe seu comentário!!!
Sua opiniões, idéias, sugestões... são muito importantes para mim.
Um xero!
P.S: Comentários anônimos não serão aceitos!!!

 
Mundo de Papel © Tema base por So Kawaii. Tecnologia do Blogger.