A Rainha da Fofoca - Meg Cabot (Série Queen of Babble #1)

Título Original: Queen of Babble
Data de Publicação: 2010
Número de Páginas: 432
Série: Queen of Babble #1
Editora: Galera Record
Classificação:






Lizzie Nichols não tem a mínima idéia do que vai fazer da vida e está detonando o dinheiro da formatura em uma viagem para visitar o namorado que conheceu há apenas três meses, mas isso não é nada. O problema é que Lizzie não consegue guardar nenhum segredo, o que a coloca em situações delicadas, como ficar presa em Londres sem um teto ou dinheiro. Felizmente uma amiga está por perto para ajudar, mas ela estraga tudo outra vez. Lizzie está no limite e precisará provar que pode usar sua boca grande para algo de bom.

O que acontece quando você é ingênua, tem um coração enorme e uma boca que não consegue guardar nenhum segredo? Você quebra a cara, se mete em várias confusões e com muita sorte encontra o amor da sua vida.
Se as coisas acontecem realmente dessa forma, eu não sei, mas foi exatamente isso que aconteceu com Lizzie Nichols em A Rainha da Fofoca de Meg Cabot.

Depois de ler alguns livros tensos, cheios de assassinatos, mistérios e muito drama tudo o que precisava era de uma leitura leve, descompromissada e que me fizesse rir. Comecei a ler A Rainha da Fofoca imaginando que seria mais um daqueles chick-lits que prometem ser engraçados mas que acabam deixando muito a desejar nesse quesito (leia-se Becky Bloom). Não tinha grandes expectativas e já estava me preparando para uma decepção, mas as aventuras e desventuras de Lizzie me empolgaram de tal forma que quando percebi já estava nas últimas páginas.

O que ele está fazendo aqui? Como foi que me encontrou? Porque veio até aqui? Ele não me ama. Ele não me ama.
Então, por que se deu a tanto trabalho?
Meu Deus. Deve ter sido a chupada. Fala sério.
Eu não fazia idéia de que uma chupada era assim tão poderosa. Se soubesse, nunca teria dado uma nele, juro que não.
P.406

Lizzie é ingênua, atrapalhada e boca grande, vive metendo os pés pelas mãos e não tem sorte no amor. Eu me diverti muito (como nunca achei que aconteceria lendo um chick-lit) com todas as situações que ela viveu e com todas as confusões em que ela se meteu. Mas quem disse que esse jeito destrambelhado e "fofoqueiro" dela não é capaz de conquistar o coração de um homem de verdade?

Não, eu não estou falando do Andrew, um mentiroso, aproveitador e preguiçoso. Estou falando de Jean-Luc, mais conhecido como Luke. Lindo, educado, carinhoso, romântico e bem-sucedido, um mocinho apaixonante.

Os personagens secundários do livro são maravilhosos e contribuíram bastante para tornar a história ainda melhor. Nesse quesito a avó de Lizzie se tornou a minha queridinha. Apesar de não ter aparecido tanto quanto merecia vovó Nichols roubou a cena em todas as situações em que esteve presente. Foi impossível não rir com os comentários sarcásticos e às vezes sem noção da senhora. Meu coração é todo dela.

— Vamos, vovó — eu digo. — A Doutora Quinn está começando agora.
— Ah, que bom — diz vovó. Para Shari, confidencia: — Eu não ligo nem um pouco para aquela boba da Doutora Quinn. E aquele gostosão que está sempre com ela... Dele, eu nunca canso!
P.36

Shari e seu namorado Chaz também merecem destaque, eles formam uma casal super fofo. Chaz tem um ótimo senso de humor e uma paciência enorme e Shari é uma ótima amiga e super sincera. Destaque para a cena em que Shari e Lizzie cantam I've Had The Time Of My Life no casamento de Vicky, elas salvaram a festa.

Uma coisa interessante e que vale a pena ressaltar, é que apesar do título Lizzie não é daquelas fofoqueiras que saem falando sobre a vida das pessoas com o intuito de prejudicar. O grande problema é que ela é muito ingênua e não consegue distinguir quando está ajudando ou atrapalhando, não consegue guardar seus próprios pensamentos e quando percebe já é tarde.

Para quem está acostumada com os livros jovens e teens da Meg, cuidado, esse livro contém palavrões, conversas apimentas e cenas de sexo, mas nada pesado e de mau gosto, a Meg soube escrever cada cena muito bem dando o toque certo a história.

A Rainha da Fofoca é leve, engraçado e super alto astral. Fui completamente conquistada.

14 comentários:

  1. Olá Caline!
    Por incrível que pareça, estou com a resenha do segundo volume dessa serie (maravilhosa por sinal) lá no blog, hehehe.
    Adorei os seus quotes!

    Beijos,
    http://bestherapy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ei Caline,

    Esta trilogia é muito legal, eu adoro. Quero ver o que você irá achar da continuações pq a historia muda muito nas sequências. =]

    Também acho que este título não combina, ela não é fofoqueira é só meio pastel haha.

    beijos

    ResponderExcluir
  3. Eu amei o livro também. Mas odiei a parte de Londres, apesar de ter sido um meio para o fim -ótimo- do livro.
    Luke é o cara, eu quero pra mim. E a vovó é realmente ótima.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Que engraçado, eu acabei de escrever uma resenha desse livro, haha. Também adorei A rainha da fofoca. No começo eu achei MUITO parado, depois de umas 40 páginas eu não tinha me interessado tanto. Fui continuar a leitura depois de quase um ano! Foi muito divertido a leitura, muito leve e prazerosa. :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Ai, ai, tô achando que é de algo assim que eu preciso, até porque sinto que vem uma ressaca literária brava por aí. Quem sabe uma leitura descompromissada não anima, né?

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho vergonha de nunca ter lido nada da Meg Cabot, mas pensava em começar com a série Diário da Princesa, mas essa resenha me fez pensar de novo, não sei por qual série começarei. UAHSUAUUHSUHAU

    Beijos. Tudo Tem Refrão

    ResponderExcluir
  7. Tem alguma autora que é mais especialista em histórias de adolescentes do que a Meg Cabot? Acho que não! É engraçado que a maioria dos livros da autora consegue me conquistar de um jeito incrível. Por exemplo: "Como Ser Popular" foi o primeiro da autora que li e quis muito que tivesse uma continuação, do quanto eu amei.
    Preciso terminar Guerra dos Tronos e ir para os teens de novo!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Caline!

    Comprei esse livro recentemente em uma promo do submarino! Eu estava com um pouco de medo, porque esse título me deixava a impressão de que seria uma história bem boba, sem graça, sem propósito, sabe? =\ Mas, fiquei feliz ao ler sua resenha! Que bom que gostou do livro! Espero curtir também. :)

    Beijos,
    Amanda — Lendo & Comentando
    ^_^

    ResponderExcluir
  9. Hm..
    um frances! rs
    Minha amiga leu o 1 e 2 recentemente e ta louca pelo 3! Falou que é otimo... Mas sabe, eu gostei mt de Becky, dei altas risadas sim.
    Acho otimo quando os secundarios tb roubam a cena!
    Sobre a 'fofoca' acho que tavez seja conveniente, pq se pensarmos bem o nome original não se refere exatamente a pessoa que faz esse tipo de fofoca (sobre os outros) e sim essa coisa de não conseguir ficar calada e falar demais!

    Ain, porque não comprei o meu naquela promoção??

    bjs
    Evellyn!

    ResponderExcluir
  10. Adorei a resenha! Mas acredita que ainda não li nada da Meg, mas já comprei a série "A Mediadora". Agora só falta tempo para poder ler... rs

    Amore têm 3 PROMOÇÕES lá no Blog recheadas de LIVROS! Depois passe por lá e confira!!!

    BjO
    http://www.the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Opa, esse livro iria vir muito bem na minha vida agora ein? Preciso de um livro leve e engraçado. *-*

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  12. Ai, ai, ai...
    E estou com este livro me esperando.
    Meg é Meg!
    Você não gosta muito de chick-lits? Eu AMO!!!

    Bjins

    ResponderExcluir
  13. Ai eu adoro esse livro! ♥
    Preciso mesmo ler o segundo.

    Meg é diva, né? Adoro a escrita dela, principalmente nesse livro, que está mais adulto. Amei, concordei com tudo o que você disse ;)

    Beijitos
    http://www.bookpetit.com

    ResponderExcluir
  14. É a segunda resenha desse livro que vejo na semana e minha vontade esta aumentando.
    Gosto dos livros da Meg, são bons pra relaxar e descontrair as vezes!

    Beijos.

    ResponderExcluir

Participe do blog... Deixe seu comentário!!!
Sua opiniões, idéias, sugestões... são muito importantes para mim.
Um xero!
P.S: Comentários anônimos não serão aceitos!!!

 
Mundo de Papel © Tema base por So Kawaii. Tecnologia do Blogger.