Enquanto Minha Querida Dorme - Mary Higgins Clark

Título Original: While my Pretty One Sleeps
Data de publicação: 1992
Número de páginas: 294
Editora: Círculo do Livro
















Neeve lembrava-se do momemnto em que, no enterro de Renata, Sal ajoelhou-se ao lado do caixão com os olhos marejados de lágrimas, depois levantando-se abraçou Myles e disse:
- Tente pensar que sua querida está dormindo.
P.99


Tecidos, cores, fofocas, tesouras, dinheiro, ambição, sangue... morte.

Em meio ao glamuroso mundo da moda um crime acontece. Ethel Lambston uma jornalista famosa pela língua afiada, comentários sarcásticos e revelações bombásticas é encontrada morta em um parque afastado da cidade.

Várias teorias sobre o motivo e o culpado pelo crime são levantadas, mas a única pessoa que pode descobrir toda a verdade sobre o crime é Neeve Kearny, filha do mais famoso comissário de polícia de NY, consultora de moda e dona de umas das lojas mais badaladas da cidade.
Neeve através do seu conhecimento sobre moda e uma forte intuição, desconfia que muitas coisas na morte de Ethel não se encaixam, entre elas as roupas que ela estava usando quando foi encontrada enterrada no parque.

Decidida a desvendar o mistério e encontrar o culpado, Neeve decide investigar e descobre que Ethel tinha escrito uma reportagem sobre moda e que durante as suas pesquisas descobriu um segredo que prometia abalar e mudar o mundo da moda. Por esse motivo além da reportagem, Ethel havia entrado em contato com uma editora para negociar a produção de um livro que traria todos os segredos desvendados em detalhes. Se esses segredos fossem tão bombásticos quanto ela havia alardeado ao editor muitas pessoas seria prejudicadas, aumentando ainda mais o número de suspeitos responsáveis pela morte dela.

Com a ajuda de Jack o editor responsável pelo livro de Ethel, um bonitão que se apaixonou por ela a primeira vista e Tse-Tse (nome pra lá de estranho) uma improvável atriz/diarista, Neeve descobre segredos guardados escondidos há muitos anos embaixo do glamour dos belos vestidos e do competitivo mundo das coleções de moda, segredos ligados ao misterioso assassinato da sua mãe...

Enquanto Minha Querida Dorme de Mary Higgins Clark é um romance policial que deixa muito a desejar se comparado aos livros de Sidney Sheldon, Agatha Christie ou até mesmo outros títulos da autora.

O livro tem o ritmo lento, com poucas cenas de ação ou suspense, e se você for esperto e bastante e estiver acostumado com outros livros do gênero, não vai demorar a descobrir o criminoso e até mesmo os motivos que o levaram a cometer o assassinato, eu mesma descobri na metade da leitura.

Se o suspense deixou a desejar, o romance entre Neeve e Jack poderia ter salvo o livro da monotonia se fosse melhor desenvolvido, mas também seguiu o mesmo ritmo lento de toda a história além de ter sido abordado apenas superficialmente. Sem dúvida Jack que se mostrou um perfeito cavalheiro e um homem dedicado e companheiro, merecia algumas páginas a mais no livro, o relacionamento entre ele e Neeve se melhor explorado daria um ânimo maior a leitura.

O livro é mediano e apesar de não ter grandes atrativos e do ritmo lento terminei a leitura rapidinho, porque além do livro ser fininho eu queria saber se estava certa sobre as minhas suspeitas. No final das contas achei o motivo do crime tão fútil e sem lógica que terminei de ler só porque já estava no fim, rsrsrsrs.

O livro não é completamente ruim, só meio parado, mas se vocês ainda não leram nada da autora e querem experimentar indico um outro livro dela que eu já li: O caso das rosas fatais. O ritmo é tão lento quanto o desse (acho que é uma característica da autora), mas sem dúvida tem um final daqueles e um criminoso que somente os bons podem descobrir!!!

5 comentários:

  1. poxa quando começei a lçer a resenha ja me animei uhuhu um romance policial
    mas depois de ler tudo ja desanimei pois não gosto de leituras lentas e acho muito legal quando a autora consegui esconder ate a ultima pagina que é o culpado

    ResponderExcluir
  2. Ahh, não sei se leria esse livro.
    Mas achei bacana a resenha, e gostei da sinceridade! xD

    beeeeijo, Nayanne =*
    http://www.bookaholicworld.com/

    ResponderExcluir
  3. Ei Caline!
    Não conhecia o livro, mas depois da resenha acho que não vou ler. XD
    Gosto de livros de suspense que surpreendem no final. Se for previsível, dispenso.
    Já que O caso das rosas fatais é melhor, ele pode ter mais chances comigo ^^
    Bjins e bom fds querida

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o livro, mas acho que não é para mim. Gosto de tramas mais bem construidas e complexas. Adoro ser surpreendida no final dos livros policiais.
    BJs

    ResponderExcluir
  5. Oi Caline! Só pela capa eu já leria!! Mas, agora fiquei em dúvida se leio ou não... Adorei a resenha!
    Nem me fala em frio... Eu sempre gostei de inverno. Mas, depois deste... desistooo! Quero verão urgente!!!
    Bjooo!

    ResponderExcluir

Participe do blog... Deixe seu comentário!!!
Sua opiniões, idéias, sugestões... são muito importantes para mim.
Um xero!
P.S: Comentários anônimos não serão aceitos!!!

 
Mundo de Papel © Tema base por So Kawaii. Tecnologia do Blogger.