Depois da meia-noite - Diana Palmer

Título Original: After Midnight - 2007

Vocês já devem ter ouvido aquela famosa frase: dormindo com o inimigo.

Pois bem, Nikki estava numa situação bem pior do que essa, afinal nem dormido com o inimigo ela tinha ainda e já estava apaixonada, perdidamente apaixonada por ele Kane Lombard inimigo político do seu irmão.

Mas Kane não sabia quem ela era, menos mal... assim ele não poderia colocar a carreira política do irmão dela em risco.
Uma coisa era certa o que nem começou precisava chegar ao fim, ela não podia se envolver com Kane e ele não podia nem sonhar com quem estava quase tendo um caso.
Bye, bye Kane... simples assim e Nikki foi embora.
"Mas a vida, a vida é uma caixinha de surpresas" e Nikki acabou voltando para os braços de quem? De Kane é claro. Depois de uma pneumonia mal curada, Nikki precisou de ajuda e utilizando código Morse ligou para casa de Kane e ele foi em seu socorro e mais uma vez ela estava ali nos braços dele.

Quantos mais longe estava mais perto queria ficar e quanto menos queria se envolver mais enrolada ficava. O coração tem dessas gracinhas e porque não pensar em Romeu e Julieta, não tão trágico quanto eles é claro.

Enfim, envolver-se foi inevitável e impossível de esconder, até porque eles resolveram fazer "coisinhas" em um local meio público e pra variar alguém viu, tirou foto e o que já tava ruim ficou pior...

~~*~~

Diana Palmer já escreveu romances bem melhores e eu tive que me esforçar muito pra terminar esse livro. Não gostei de Nikki, muito menos de Kane. Pra mim eles não convenceram, não me conquistaram.
Kane é arrogante, prepotente, grosso, chato... um saco.
Nikki... não vou nem falar se não eu durmo.

A história se arrastou do início ao fim. Várias pontas ficaram soltas, algumas coisas não fizeram sentido.
Até agora eu estou esperando que Clay conte a Nikki qual é o problema de Mosby. Ele é o que??? Um hermafrodita? Não sei, Diana levou esse segredo através das páginas e eu fiquei esperando para saber mas ninguém contou e o pior não existe um outro romance contando a vida de Mosby. O negócio é o seguinte: segredo bom, é segredo revelado... pelo menos nos livros.

Sabe de uma coisa, o romance entre os personagens secundários foi beeeeeeeeem mais interessante que o dos personagens principais e olha que entre esses outros casais a coisa não passou de um beijo e nada mais no resto do livro.

A boa notícia é que a história de Cortez e Phoebe tem continuação no segundo o livro da série e a má notícia é que o romance entre Clay e Derrie vai permanecer em meio a uma névoa, já que o rolo deles não desenrolou no decorrer desse livro e eles não tem um livro só deles.

Enfim, um romance completamente esquecível... totalmente.

5 comentários:

  1. Bahh pena q o livro seja ruim, não lembro de ter lido nada da autora. Pena q esse não tenha agradado ahuahua.

    ResponderExcluir
  2. AHHHHHHHH !! Que pena que o livro não é bom... mas é uma boa dica p/ mim não ler.

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. ei Caline, que pena que o livro não te agradou, sou doida para ler ele. =/

    DP é caso de amor e ódio, kkk e já faz um tempo que não leio nada dela. =/

    beijos. ^^

    ResponderExcluir
  4. Ei Caline,

    Ainda não li nada da autora mas me falaram bem dela. Pena que este vc não gostou.

    bjoo

    ResponderExcluir
  5. Hmm.. Eu já li outra resenha, não lembro onde, mas a pessoa gostou! Eu me interessei pela história. Mas, não sei não... a mocinha dá sono, é? rsrs...

    Bjs!

    ResponderExcluir

Participe do blog... Deixe seu comentário!!!
Sua opiniões, idéias, sugestões... são muito importantes para mim.
Um xero!
P.S: Comentários anônimos não serão aceitos!!!

 
Mundo de Papel © Tema base por So Kawaii. Tecnologia do Blogger.