O caso das rosas fatais - Mary Higgins Clark

Título Original: Let me call you sweetheart - 1995

Não coloque rosas nesse túmulo
apesar de ela tanto as amar;
Porque atormentá-la com rosas,
que não pode ver ou cheirar?

Edna St. Vincent Millay,
"Epitáfio"

Duas mulheres diferentes, dois rostos praticamente iguais... Kerry estava no lugar certo e na hora certa ou seria o contrário?

Kerry sentiu um nó na garganta. Conheço você, pensou. Mas de onde? Ela engoliu, a boca de repente seca. Aquele rosto - já vi antes.
P. 14
Suzanne era bela, tão bela que chegava próxima a perfeição. Mas há 11 anos essa beleza não existia mais, seu corpo coberto de rosas foi encontrado na casa onde morava com seu marido Skip. Um caso aparentemente fácil de ser resolvido: Suzanne era bonita, despertava atenção de vários homens, teve casos e despertou ciúmesem Skip. Louco de ciúmes ele a estrangulou e matou... simples assim, fácil demais para a polícia. Com Skip preso a justiça foi feita. Tudo resolvido... ponto final na história.

A beleza traz responsabilidade, e algumas pessoas abusam dela e atraem ciúmes e violência.
P. 72

Onze anos depois, a promotora Kerry McGrath percebe que nada está realmente resolvido e que mesmo depois de tanto tempo a história não teve um ponto final. Duas mulheres com rostos praticamente iguais ao de Suzanne, não era coincidência o Dr. Smith estava reconstruíndo Suzanne em outras mulheres... Insano, estranho demais.

Apesar de colocar sua futura promoção como juíza em risco, Kerry resolve saber um pouco mais da história de Suzanne e da investigação do seu assassinato. Mergulhando a fundo nessa história novos personagens e fatos vão surgindo, trazendo cada vez mais perguntas sem respostas e dando a Skip o benefício da dúvida.

O que começa como mera curiosidade, acaba se tornando uma investigação extra-oficial envolvendo homens ricos e poderosos.

Mas alguém não está nada satisfeito com a bisbilhotice de Kerry, ela precisa parar, não importa o que tenha que ser feito para que isso aconteça.

Agora, passados quase onze anos, Kerry McGrath não permitia que Suzanne descansasse. Perguntas atrás de perguntas! Ela precisava para com aquilo.
Que os mortos cuidem dos mortos. Um antigo ditado, pensou ele, e ainda é verdadeiro. Precisava fazer com que ela parasse, não importava como.

Esse livro é a minha estréia como leitora de Mary Higgins Clark e desde já adianto que ainda lerei muitos outros livros dela, o suspense é incrível e o final muito surpreendente mesmo.
Preciso admitir que pensei em desistir do livro, para mim romances policias precisam ser eletrizantes, emocionantes e te prender página após página, mas não foram esses sentimentos que o livro despertou em mim.

Acabei de ser contraditória em um mesmo paragrafo, disse que o suspense foi incrível, mas que não foi tão eletrizante ou emocionante quanto esperava.
Explicando melhor o livro começa muito bem, mas no meio fica morno, parado e é ai que eu desanimo, mas perto do final as coisas mudam completamente e o suspense fica incrível principalmente com relação ao verdadeiro assassino, concerteza a descoberta de quem era salvou todo o livro, eu jamais, em momento algum imaginei quem seria. Ela não dá nenhuma pista antes do momento certo. Mas eu também tenho uma reclamaçãozinha do final... a história entre o assassino e Suzanne deveria ter mais consistência, o motivo foi meio fraquinho e a história de como tudo aconteceu também.

Fora esse pequenos detalhes, porque em relação a trama tão bem desenvolvida pela Mary os detalhes citados aqui por mim são bem pequenos, o livro é realmente muito bom.

Então, Boa leitura!

3 comentários:

  1. Ei Caline,

    Nossa não conhecia o livro e amei!!! Eu quero ^^ mesmo vc achando morno as vezes rs

    bjoo

    ResponderExcluir
  2. Que legal ! Ainda não li esse livro, mas parece ser ótimo, principalmente por ter o final ( descobrir quem é o assassino) surpreendente.

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Nunca li nada da autora, mas esse despertou meu interesse. Parece ser bem legal! ;)

    ResponderExcluir

Participe do blog... Deixe seu comentário!!!
Sua opiniões, idéias, sugestões... são muito importantes para mim.
Um xero!
P.S: Comentários anônimos não serão aceitos!!!

 
Mundo de Papel © Tema base por So Kawaii. Tecnologia do Blogger.