Nada Dura Para Sempre - Sidney Sheldon

Paige Taylor, Betty Taft e Kat Hunter são as únicas médicas em um grupo de residentes do Hospital Público Embarcadero, em São Francisco. Apesar de terem personalidades muito diferentes, as três compartilham situações insólitas e marcantes: uma delas mata um doente pór um milhão de dólares; outra quase provoca a interdição do hospital e outra é assassinada.

Os livros de Sidney Shledon podem ser definidos em poucas palavras, mas que falam tudo: emocionantes, envolventes e muito, muito surpreendentes, ou seja, maravilhosos!!!!
A leitura é empolgante demais, e consegue prender o leitor do início ao fim da trama.
Todos os livros que tive o prazer de ler de Sidney Sheldon não me decepcionaram e eu acredito que não exista (apesar que todo escritor tem seus "maus livros") algum livro que ele tenha escrito que não seja pelo menos um bom livro (apesar que eu acho todos os que já chegaram em minhas mãos, ótimos). Mas, no nosso mundo da leitura existem opiniões literárias diversas e com certeza nesse caso não é diferente. Então, sintam-se a vontade para opinar.

Bom, vamos ao livro. "Nada dura para sempre" foi o primeiro livro de Sidney que eu tive a graça que caisse em minhas mãos e que foi responsável pelo início da minha admiração pelo livros dele. A partir desse livro eu passei buscar e tentar encontrar nas bibliotecas daqui, livros desse autor, e para minha felicidade obtive um sucesso bastante razoável nas minhas buscas.
O livro retrata a vida de três residentes (Betty, Paige e Kat) que se conheceram no hopital Embarcadero em San Fransisco e a partir daí se tornaram amigas e decidiram morar juntas.
Logo no início o livro mostra o julgamento da Dra. Paige por acusação de assassinato, na verdade ela praticou a eutanásia em um de seus pacientes. A Dra Kat também se envolve em problemas quando passa a ter um caso com um dos médicos do hospital e engravida, mas a ambição dele e o desejo por dinheiro causam algo mostruoso e sem volta para Kat. E a Dra. Betty se formou em medicina através de favores sexuais, e por isso tem a plena consciência de ter se tornado uma médica sem nehuma habilidade, por saber que nao possui nenhuma competencia ela se mantém longe dos pacientes, mas um dia um paciente que parecia inofensivo fica sob seus cuidados, ela diagnostica a doença de forma errada e coloca em risco todo o hospital causando sua interdição.

O desfecho do livro não é de causar grandes impactos, mas alguns pontos que levaram até esse fim me pegou de supresa. Bem típico de Sidney.
É um livro muito interessante, que mostra o dia-a-dia de um grande hospital e de todas as pessoas que fazem parte direta ou indiretamente dele. Vale a pena ler.
Recomendadíssimo.
Então, Boa Leitura!

0 comentários:

Postar um comentário

Participe do blog... Deixe seu comentário!!!
Sua opiniões, idéias, sugestões... são muito importantes para mim.
Um xero!
P.S: Comentários anônimos não serão aceitos!!!

 
Mundo de Papel © Tema base por So Kawaii. Tecnologia do Blogger.